Via Varejo modifica estratégia de venda de móveis

Mais antenado em tendências e decoração, o público consumidor de móveis não quer só mobiliar a sua casa e sim, decorá-la

Publicado em 25 de abril de 2016 | 9:30 |Por: Pedro Luiz de Almeida

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

Divulgação Via Varejo

Perfil do consumidor

Mais de 130 lojas já passaram pelo processo de revitalização. Novas filiais já são inauguradas seguindo o padrão

O segmento de móveis já representa aproximadamente 20% das vendas da Via Varejo (Casas Bahia e Ponto Frio). Segundo o diretor comercial de móveis da empresa, André Caio, a estratégia é aproveitar a crescente evolução do mercado, a experiência da empresa, e a capilaridade do varejo que eles possuem para serem líderes no segmento.

Pesquisa Via Varejo com os consumidores:*

77% notaram as mudanças ao entrar na loja;
95% tiveram uma percepção de melhoria;
67% disseram que as mudanças incentivam a comprar nas lojas.

Pesquisa realizada nas regiões: Sudeste, Sul e Nordeste em 2015

“Queremos acompanhar a evolução no comportamento de compra dos nossos clientes, cada vez mais exigentes e bem informados em relação à decoração de suas casas. Temos pesquisas que nos mostram que os fatores de decisão de compra mudaram, junto com o perfil do consumidor,  e se abriram diversas oportunidades neste mercado, ainda considerado informal”, contextualiza Caio.

Como resposta as pesquisas e de acordo com o novo perfil do consumidor, a Via Varejo tem apostado em uma reformulação de showroom, nas filiais da bandeira Casas Bahia.O projeto batizado de “Revitalização de Móveis” consiste em modernizar a exposição dos produtos, oferecendo uma melhor experiência de compra para os clientes, apostando em dicas de decoração e produtos exclusivos.

Leia mais:
– Casas Bahia amplia vendas de móveis
– PayPal divulga ‘Perfil do e-commerce Brasileiro’
– Comportamento do consumidor durante a crise

Divulgação Via Varejo

Perfil do Consumidor

Pesquisa da Via Varejo apontou que os clientes buscam lojas mais organizadas, com maior percepção de variedade de produtos, além da necessidade de encontrarem opções de ambientação para se inspirarem

Atualização 
Como resposta, as lojas que contam com a nova ambientação cresceram cerca de 10 p.p no volume de vendas em relação aquelas que ainda não passaram pela atualização.“O primeiro passo para uma composição equilibrada é identificar qual é o público que frequenta cada uma das nossas lojas. A partir disso, adequamos o mix a ser exposto, segmentando faixas de preços, famílias de produtos, quantidade de ambientação e amplitude de modelos e cores da massificação”, explica Caio.

Feedback dos clientes após a revitalização das lojas:

90% tem mais confiança na marca após as mudanças
84% acreditam que as mudanças trouxeram mais qualidade
88% acham que a loja está mais moderna

A empresa entende que o perfil do consumidor mudou. Agora, os clientes pesquisam mais, estão antenados sobre novidades e tendências em decoração, e querem não só mobiliar a sua residência, mas decorá-la. Para isso, além da exposição dos produtos, também é investido nos vendedores. “Treinamos nossos vendedores para atuarem como especialistas, com aptidão para oferecer soluções em Móveis e até em Decoração”, afirma o diretor comercial.

Segundo a empresa, os ambientes ficam organizados em quatro estilos: Jovem, Contemporânea, Romântica e Natural. Mais de 130 estabelecimentos da rede já passaram pelo processo de reformulação de layout, e até o fim deste ano, a meta é de dobrar este número.

Quer saber mais? Curta a página do Portal eMóbile no Facebook e fique por dentro do setor moveleiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile