Lojas MM lança aplicativo e transforma lojas em minicentros de distribuição

Com a novidade, as compras feitas pelo aplicativo podem ser retiradas nas lojas físicas em até duas horas

Publicado em 14 de agosto de 2018 | 15:57 |Por: Cleide de Paula

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Lojas MM – um dos mais tradicionais grupos varejistas do Sul do Brasil – completa 40 anos e apresenta uma novidade tecnológica para atendimento e relacionamento junto ao consumidor. Os clientes do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul já podem fazer compras diretamente pelo smartphone, por meio do aplicativo Lojas MM – disponível nos sistemas Android e iOS.

O investimento faz parte do novo posicionamento do Grupo MM que prevê mais de R$ 25 milhões em tecnologia para modernização das mais de 190 lojas e processos dentro do laboratório de inovação MMLabs. Localizado dentro da sede administrativa da empresa, em Ponta Grossa (PR), o MMLabs é um laboratório de ideias no qual são criados e desenvolvidos novos conceitos de experiências, a partir das principais tendências de mercado.

Aplicativo Lojas MM

O grande diferencial do aplicativo desenvolvido pela startup Neomode, em uma parceria com o MMLabs, está justamente na tecnologia que utiliza do conceito omnichannel, permitindo que o cliente escolha o produto, pague pelo celular e retire nas lojas físicas totalmente integradas. A inovação também permite outras duas funcionalidades: o acesso à chamada prateleira infinita, quando o cliente está dentro da loja física e não encontra o produto desejado, adquirindo-o via e-commerce; além da alternativa de consultar a loja mais próxima com produto disponível para compra via geolocalização.

Dentro deste conceito, todas as lojas da rede viraram minicentros de distribuição, o que garante uma diferença competitiva muito grande no mercado nacional quando se fala em agilidade e em redução de custos. O serviço conecta tanto o varejo físico com o digital e mantém a qualidade dos processos do Grupo MM.

MostraMóveis conta com presença de lojistas paranaenses e de outros estados

“Utilizando de serviços de geolocalização e visibilidade em tempo real do estoque na loja mais próxima, e o conceito D+0, é possível que o cliente efetue a compra e retire o produto na loja desejada em até 2 horas, diminuindo o tempo de espera pelo produto e gastos em frete”, reforça a especialista em varejo e uma das sócias da Neomode, Fabíola Paes. Todo o processo tem integração das operações on-line e off-line o que mostra um novo modelo de negócio, alinhado às tendências internacionais e cada vez mais próximo do consumidor e suas exigências.

“Este é o primeiro aplicativo no segmento de eletromóveis que disponibiliza a retirada do produto em um período tão curto e mostra a vontade do Grupo MM em oferecer sempre o melhor e o mais moderno aos seus clientes. Com o investimento em inovação a empresa pretende alavancar seus negócios em 25% nos próximos 12 meses”, destaca o Diretor Comercial das Lojas MM, Marcos Ribeiro Camargo.

Divulgação Grupo MM

Loja MM Dourados

Omnichannel cada vez mais presente no varjeo de móveis

“O app Lojas MM é versátil e simples de usar. O consumidor faz o cadastro rapidamente, recebe ofertas personalizadas, seleciona o produto que deseja adquirir e, ao fechar o carrinho de compras, escolhe se quer receber em casa ou retirar na loja tendo uma verdadeira experiência omnichannel”, descreve o engenheiro especialista em tecnologia mobile Omnichannel, João de Souza, também sócio da Neomode.

Novo canal de vendas

O sistema de entrega “retire na loja” (pick-up-store), também conhecido como “clique e retire” (click and collect) já é amplamente utilizado pelos grandes varejistas dos Estados Unidos e representa uma nova modalidade para a entrega de produtos comprados via on-line, seja por e-commerce, chatbot, shopbots ou aplicativos.

Divulgação/Lojas MM

Foco da Lojas MM é fazer uma “virada digital” na empresa

“As novas tecnologias melhoram a experiência do consumidor, aumentam o faturamento, reduzem custos operacionais, acompanham o ritmo da concorrência e melhoram a eficácia da gestão de estoques”, destaca Fabíola. A qual observa que a grande inovação desse varejo 4.0 está nas mais diversas plataformas que conectam pessoas, que por sua vez aproximam ofertas e demandas.

De acordo com a superintendente, Juliana Pauliki Michalowski, o foco tanto agora quanto para os próximos anos é fazer a virada digital da empresa. “Estamos entrando no mundo Omnichannel, no qual o cliente pode adquirir seus produtos tanto nas lojas físicas como na virtual, a fim de proporcionar mais agilidade, inovação e uma melhor experiência no processo de compra e recebimento dos produtos”, alega.

Inflação de móveis acumula alta em 2018

Conforme pesquisa recente, realizada pela Zebra Technologies, com cerca de 2,7 mil profissionais de transporte e logística em 16 países, incluindo Estados Unidos, Canadá, China, Europa, Austrália e Brasil, o conceito omnichannel deve estar amplamente difundido entre as corporações até 2028. Segundo o levantamento, 40% das empresas – onde atuam esses profissionais entrevistados – já desenvolvem projetos para que a entrega de seus produtos seja realizada aos clientes em até 2 horas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile