Via Varejo firma acordo tecnológico para oferecer soluções de e-commerce

Parceria com a Linx voltada ao ‘fullcommerce’ é tática da empresa para entregar uma plataforma de comércio eletrônico personalizada

Publicado em 26 de junho de 2018 | 17:21 |Por: Ricardo Heidegger

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Via Varejo anunciou um acordo de colaboração tecnológica para oferecer serviços que atendam a toda a cadeia de valor do e-commerce, com foco nos clientes que buscam uma operação mais robusta no canal de vendas “omnicanal”. Nessa ideologia, a administradora das marcas Casas Bahia e Pontofrio contratou a Linx, empresa brasileira líder no fornecimento de soluções em software de gestão para o varejo, para ser sua plataforma de comércio eletrônico na nova oferta ‘fullcommerce’ para seus lojistas.

Com um projeto pronto para ser colocado em prática ainda este ano, o objetivo da Via Varejo ao contratar um novo parceiro tecnológico é ter a melhor oferta de mercado e se consolidar como um grande operador de e-commerce no campo do marketplace. Com essa aliança, a empresa poderá oferecer um pacote completo e modular de soluções que engloba plataforma de e-commerce, suíte de personalização e uma plataforma de OMS, totalmente flexível às necessidades de cada cliente, sob o conceito de PAAS (Platform As A Service – Plataforma Como Um Serviço).

“Com essa plataforma escalável avançamos em um mercado extremamente promissor pela grande quantidade de lojistas que buscam qualificação profissional e melhoria de qualidade de suas operações”, explica o diretor de marketplace, fullcommerce e advertising da Via Varejo, Paulo Madureira.

– Edição 349 da Móbile Lojista traz reportagem especial sobre o bem dormir

Para o vice-presidente de operações da Linx, Jean Klaumann, a capacidade de oferecer uma tecnologia com os melhores conceitos de omnicanalidade, completa e flexível para administrar as novas ofertas da Via Varejo fez com que a Linx fosse escolhida para dar suporte à empresa. Segundo ele, a expectativa dos dois lados é que os varejistas que utilizam a operação ‘fullcommerce’, com uma plataforma digital personalizada, se sintam preparados para entregar a melhor experiência de compra ao seu público.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile