Região Norte ávida por novidades

Ao contrário do senso comum, consumidor é moderno e exige qualidade e diferenciais

Publicado em 21 de setembro de 2015 | 9:00 |Por: Marina Gallucci

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

Marina Gallucci/Revista Móbile

Jerry Quigua: "Quando o cliente vem, quer alguma coisa que não está relacionada ao segmento, não podemos deixá-lo escapar, por isso o mix acaba englobando outros itens além de móveis e eletros"

Jerry Quigua: “Quando o cliente quer alguma coisa que não está relacionada ao segmento, não podemos deixá-lo escapar”

Como é feita a seleção de produtos para lojas da Região Norte? Normalmente quando se fala em consumo de móveis naquela parte do País, vem à mente mobiliário escuro, com brilho e grandes dimensões… Realmente, isso ainda é consumido por lá, mas o gosto do consumidor está cada vez mais diversificado, assim como acontece em outras regiões do País. O que o lojista de lá e os que migram para terras nortistas percebem é que é essencial saber lidar com a multiplicidade.

A Região Norte, conforme detalhado em matéria especial da  Revista Móbile Lojista 321, tem algumas características específicas no que se referem a estilo de vida e moradia, que influenciam diretamente no que é consumido de móveis na região e na forma como varejistas selecionam seu mix de produtos.

Conforme conta o lojista Jerry Quigua, proprietário da Eletrocenter, o maior desafio na hora de selecionar os produtos para a sua loja, localizada no município de Barcelos, no interior do Estado do Amazonas, é ter certeza que as peças estejam de acordo com as últimas novidades disponíveis no mercado. E essa não é uma tarefa tão simples quanto parece, já que estamos falando de uma realidade onde informação é uma verdadeira preciosidade. “Telefone, internet e televisão, ainda temos muita dificuldade com tudo isso”, relata.

Leia mais:
Qual o mix de produtos do varejo do Centro-Oeste?
Varejista Novo Mundo: foco no consumidor
Quem é o novo consumidor brasileiro?

Mesmo assim, o consumidor anseia por novidades. Ele conta que a aceitação por itens – como camas box, ao invés do colchão convencional, ou de homes e painéis no lugar das estantes e racks – tem crescido a olhos vistos. “Então, procuramos colocar sempre o que é de última geração, destaque nas feiras”, acrescenta.

O lojista também se torna multiplicador das tendências. “Como não há amplo acesso a outros canais de comunicação, temos que explicar os detalhes. O vendedor tem que ter muita habilidade para entender a necessidade do cliente.”

Para quem vai de outras regiões para o Norte, como é o caso da paranaense Romera, o que fica claro é que tem espaço para qualquer segmento de produto. O gerente nacional de vendas da Rede, Leandro Garcia, comenta que nas unidades da região há venda de produtos de vários patamares de consumo. Ele acredita que por ser um mercado pouco explorado há uma carência grande na oferta de produtos.

Na edição impressa da revista é possível conferir falas de outros lojistas sobre como é montado o showroom de lojas localizadas no Norte, além de indicações de fabricantes de produtos que podem fazer parte do mix dos lojistas dessa região. A  edição está disponível para os leitores no aplicativo para dispositivos móveis da Alternativa Editorial/Revista Móbile para Android ou iOS.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile