Procon de olho na Black Friday

Órgão de proteção ao consumidor estará atento e irá fazer atendimento em tempo real durante a Black Friday

Publicado em 26 de novembro de 2014 | 13:23 |Por: Portal eMobile

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Fotos públicas

Black Friday

Procon irá fazer mais de 24 horas ininterruptas de atendimento aos consumidores

Em sua quarta edição brasileira, a Black Friday – versão da data americana em que as lojas fazem superdescontos para os consumidores – está chegando e, ao mesmo tempo, está na mira do Procon, o Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor

O Procon-SP lançou uma nota oficial para comunicar que está atenta à data – comemorada na próxima sexta-feira (28) – para evitar que os consumidores façam um mau negócio. A entidade vai reforçar o seu atendimento, que será de mais de 24 horas ininterruptas.

As demandas serão recebidas das 19h do dia 27 de novembro até a meia-noite do dia 28 de novembro. Os consumidores poderão registrar as reclamações pelo telefone 151 (somente para a cidade de São Paulo), pelo Atendimento Eletrônico do site do Procon e pelas redes sociais do órgão: Facebook e Twitter.

Leia mais:
– Black Friday: Dicas para o consumidor e o lojista
– CEO da GS&ECOMM fala sobre Black Friday
– Móbile Lojista: ‘Como será 2015′ e ‘Planejados e Modulados’

Desde agosto deste ano, o Procon-SP tem monitorado semanalmente os preços dos principais varejistas na internet para detectar se haverá aumento abusivo ou propaganda enganosa de oferta. “Estamos preparados para a Black Friday e o nosso objetivo é equacionar o problema do consumidor junto à empresa em tempo real. Além disso, recomendamos que as compras sejam feitas rapidamente por causa dos estoques”, esclarece o diretor executivo da Fundação, Alexandre Modonezi.

Para a ação foi criada uma hashtag especial #BlackFridaynamiradoProconSP que os internautas poderão utilizar. No Twitter (@proconspoficial), a recomendação é que o consumidor use a hashtag e envie o print ou o link da página com o problema. O mesmo procedimento pode ser feito no Facebook (/proconsp).

Todos os casos serão analisados e, se necessário, será realizada abertura de processo administrativo. A equipe de atendimento do Procon-SP entrará em contato com os SACs das empresas em tempo real para tentar solucionar os problemas que forem relatados pelos consumidores.

Creative Commons

Black Friday

Em 2013, a Black Friday Brasil movimentou R$ 770 milhões em um único dia

Direitos do consumidor

O Procon-SP ainda alerta que o fato de a compra ser feita em uma liquidação ou promoção não elimina os direitos do consumidor. Veja alguns:

  • Se a empresa prometeu desconto em determinados produtos, a oferta deve ser cumprida conforme foi veiculada.
  • A empresa deve manter canais de atendimento de fácil acesso para que o consumidor esclareça suas dúvidas.
  • Nas compras feitas fora do estabelecimento comercial (por telefone, em domicílio, telemarketing, catálogos, internet, etc.), o consumidor tem prazo de sete dias para desistir da compra, contados a partir da aquisição do produto ou de seu recebimento.
  • O Código de Defesa do Consumidor estabelece prazo de 30 dias para reclamações sobre problemas aparentes ou de fácil constatação, no caso de produtos não duráveis, e de 90 dias para bens duráveis, contados a partir da constatação do problema.
  • Produtos importados adquiridos no Brasil, em estabelecimentos devidamente legalizados, seguem as mesmas regras dos nacionais.
  • No ato da entrega, o documento de recebimento só deve ser assinado após examinar o estado da mercadoria. Havendo irregularidades, estas devem ser relacionadas, justificando assim o não recebimento e a empresa em questão deve ser contatada para que resolva o problema.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile