Plano de carreira pode incrementar varejo

Investir nos profissionais de vendas e criar programas de desenvolvimento pode fazer a diferença nos resultados do setor, mesmo em tempos de crise

Publicado em 24 de abril de 2015 | 9:15 |Por: Frances Baras

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Magno Bottrel

JUAREZ_LEAO-plano de carreira

Leão: “Em determinado momento a motivação vai cair e você tem que fazer outra coisa – outra capacitação ou uma campanha. Ou um plano de desenvolvimento de carreira que mostre que o vendedor pode subir de cargo”

Além de treinar – dar subsídio e conhecimento para os profissionais do varejo –, criar programas que permitam o desenvolvimento dos vendedores e possibilidade de ascensão em um plano de carreira também é fundamental para os resultados das vendas.

Quem defende isso é o presidente da consultoria Leão Business Upgrade, especializada em varejo e franquias, Juarez Leão. “Quando se promove treinamentos constantes, é possível identificar quem tem maior condição de ser desenvolvido, quem pode vir a ser um gerente. O passo natural, neste caso, é criar um plano de desenvolvimento”, esclarece.

Leia mais:
Lojas MM entre as melhores para começar a carreira
Kit’s Paraná realiza treinamento nas Lojas Coppel
Revista Móbile Lojista está de ‘cara nova’

De acordo com o consultor, o varejo vem deixando de ser uma função temporária há algum tempo e isso está relacionado ao momento de incentivo ao consumo vivido no País nos últimos anos. “As pessoas ainda anseiam em sair da loja quando terminarem uma formação superior, mas isso vem mudando”, aponta.

Com a intenção de compra em queda, torna-se primordial olhar para dentro das lojas e investir na capacitação dos profissionais e na melhoria dos processos. “O nível de motivação do profissional aumenta muito. O vendedor se sente valorizado e participante não só do dia a dia da loja, mas de todo o processo”, avalia.

Formação para vendas

“Hoje as pessoas estão estudando e se preparando para o varejo: há universidades com cursos superiores na área. Eu mesmo sou docente de um curso junto à FIA e a USP, um MBA de Varejo e Franquia”, reforça o consultor.

Para ele, o melhor é quando se consegue reunir o conhecimento teórico aos conceitos e experiências práticas: “A maioria das pessoas tem uma coisa ou outra, por isso é interessante buscar desenvolver alguém que já esteja desempenhando a função de vendedor e que tenha o potencial de crescimento e a chance de acoplar o conhecimento técnico”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile