Movimentação no varejo: os destaques do segmento

Confira as novidades do varejo publicadas na edição 307 da revista Móbile Lojista

Publicado em 15 de junho de 2014 | 9:28 |Por: Renata Bossle

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Comércio global de móveis deve crescer em 2014
O relatório World Furniture Outlook 2014, elaborado pelo Centro de Estudos Industriais de Milão (Csil Mliano), da Itália, aponta que o comércio mundial de móveis pode dobrar em 2014, em relação ao ano anterior.

A produção de artigos de mobiliário também deverá subir (3,5%), alcançando US$ 437 bilhões. A instituição destaca o aquecimento do segmento de colchões, e inclui o Brasil entre os principais mercados. O comércio global de móveis deverá movimentar US$ 128 bilhões em 2014. Esse montante representará um acréscimo de 3,2% em relação ao movimentado em 2013.

O levantamento analisa o comércio de móveis em um total de 70 países e mostra que, Estados Unidos, Alemanha, França, Reino Unido e Canadá seguem entre os maiores importadores de mobiliário em todo o planeta. O Csil Milano observa ainda que Estados Unidos e Canadá estão retomando o ritmo de importações; já entre os países da Europa, essa recuperação tem sido mais lenta. Entre os exportadores, a China lidera, seguido por Alemanha, Itália e Polônia.

Leia mais:
Varejo de móveis cresce em volume de vendas
Investimentos podem reter talentos no varejo
Zaki Akel: “O varejo é para profissionais”

_MG_0442Via Varejo divulga lucro do primeiro trimestre
A empresa do Grupo Pão de Açúcar (GPA), dona das marcas Pontofrio e Casas Bahia, registrou lucro líquido de R$ 179 milhões nos primeiros três meses de 2014, um resultado 57,4% maior que no mesmo período do ano passado. Em relação às vendas, a receita líquida do período foi de R$ 5,442 bilhões, um crescimento de 5,8% na comparação com os mesmos meses de 2013.

A empresa foi notícia também em meados do mês de abril em razão da mudança em sua diretoria, com a renúncia do então presidente Francisco Valim. Quem assumiu o cargo em seu lugar foi Líbano Barroso, que já atuava como membro do conselho administrativo e vice-presidente de desenvolvimento estratégico do GPA.

Valim foi eleito em agosto do ano passado e seu mandato encerraria apenas em 21 de novembro, quando seriam convocadas novas eleições. Em um comunicado ao mercado, informando a apresentação da carta de renúncia de Valim, a reprodução de declarações do ex e do atual presidente trata da continuidade do plano estratégico da empresa.

Varejo gaúcho cresce acima da média nacional
Segundo a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS), o comércio varejista gaúcho cresceu 15,29% no mês de fevereiro deste ano em comparação com o mesmo período de 2013. De acordo com a análise da entidade, entre os fatores determinantes para o resultado estão o elevado nível de empregabilidade do Estado, as férias e as altas temperaturas registradas no período, responsáveis, principalmente, pelas vendas de eletrodomésticos – que tiveram alta de 12,7%, alavancadas pela procura por aparelhos de ar condicionado. As vendas de móveis no mesmo período também aumentaram, registrando elevação de 7,06%.


Marcas brasileiras são destaque em ranking da Interbrand

Das 20 marcas mais valiosas do varejo na América Latina, 10 são brasileiras, de acordo com o estudo Best Retail Brands, produzido e divulgado pela consultoria mundial especializada em marcas. Entre elas, estão duas varejistas de móveis e eletrodomésticos – Casas Bahia, que aparece em 6º lugar; e Pontofrio, em 19º, empresas do grupo Via Varejo.

tabelaPara o sócio-diretor da GS&BW, empresa especializada em consultoria e planejamento estratégico para shoppings centers, Luiz Alberto Marinho, ouvido pela equipe do portal eMobile, entram na lista empresas que conseguem se diferenciar em um mercado competitivo, no qual os produtos estão cada vez mais parecidos.

O ranking é publicado anualmente pela Interbrand e analisa o valor das marcas do varejo, divididas pelas suas regiões de atuação – América do Norte, Europa, Ásia Pacífico e América Latina. Em 2014, a marca mais valiosa do mundo é o Walmart.

Confira essa reportagem completa na edição 307 da revista Móbile Lojista.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile