Qual o mix de produtos do varejo do Centro-Oeste?

Lojas da região apostam em seleção que segue os conceitos evidenciados e também os hábitos da população local

Publicado em 3 de setembro de 2015 | 9:00 |Por: Marina Gallucci

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

A Novo Mundo está desenvolvendo projeto para ambientação do mix de produtos

A Novo Mundo está desenvolvendo projeto para ambientação do mix de produtos

A região Centro-Oeste, conforme detalhado em matéria especial da  Revista Móbile Lojista 320, tem algumas características específicas no que se referem a estilo de vida e moradia, que influenciam diretamente no que é consumido de móveis na região e na forma como varejistas selecionam seu mix de produtos.

Uma delas é o fato de a população ter o hábito de lavar a casa inteira com água, o que faz com que preferem os móveis com pés, por exemplo. Outra questão é o fato de os consumidores serem bastante antenados e acompanharem pela internet e redes sociais o que está acontecendo e quais as últimas tendências em móveis e eletrodomésticos, fazendo que o consumo de forma geral seja parecido com a região Sudeste de acordo com lojistas entrevistados. 

Leia mais:
Entrevista Novo Mundo: foco no consumidor
Móbile Lojista 320: como mora o brasileiro?
Regiões brasileiras inspiram lançamentos

E, é claro, esse perfil da população leva os lojistas que atuam na região a adequarem seu mix de produtos para atender essas necessidades. De forma geral, procuram trabalhar com produtos variados em preço, acabamentos modernos e buscam ambientar a loja por ambientes. Esse é o caso, por exemplo, da Novo Mundo que está desenvolvendo também projeto para ambientação dos móveis. “Assim, o cliente vê o produto e consegue imaginar como ficará em sua casa”, explica a supervisora de produtos, Patrícia de Paula. Para ela, esse sistema ajuda a vender mais e mesmo que o cliente não leve tudo, costuma voltar para escolher um complemento.

A Eletrozema, que tem origem em Minas Gerais e avançou para o estado vizinho de Goiás, trabalha com mix de produtos padronizado em todas as lojas, mas as vendas de produtos mais atuais é uma característica na região. Os móveis são, em sua maioria, de MDF e a venda é feita de forma física e por catálogo virtual.

Uma curiosidade é que é feita venda virtual de vários produtos do chamado CDA (Central de Abastecimento), como frangueira, betoneira e pipoqueira, atendendo assim a demanda geral da população da região, que encontram facilidades ao encontrar com a rede varejista, produtos que normalmente não são comercializados em suas cidades.

Na edição impressa da revista é possível conferir como é montado o showroom dessas redes em lojas do Centro-Oeste, além de indicações de fabricantes de móveis e eletrodomésticos que podem fazer parte do mix de produtos dos lojistas dessa região. A  edição está disponível para os leitores no aplicativo para dispositivos móveis da Alternativa Editorial/Revista Móbile para Android ou iOS.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile