Colchões de látex: como vender?

O látex como matéria prima na fabricação de colchões e travesseiros garante benefícios na hora de dormir

Publicado em 14 de setembro de 2014 | 14:07 |Por: Maria Heloisa de Miranda, equipe de conteúdo

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Divulgação Mannes

Colchão Platinum da Mannes com látex no pillow top

Colchão Platinum com látex no pillow top

É isso mesmo, o látex vem conquistando cada vez mais espaço na fabricação de colchões. Já utilizado desde a década de 1990 para esse fim, nos últimos dois anos essa tecnologia vem ganhando atenção da clientela e caindo no gosto de quem experimenta. Influência europeia, o uso do látex no colchão garante alguns benefícios como a durabilidade, a não deformidade, o fato do material se tornar antialérgico e por promover o alinhamento da coluna vertebral.

Leia mais:
Quais são as suas prioridades ao escolher um colchão?
Iemi abre ciclo de palestras do 5º Congresso Moveleiro
FMC conta com participação do Projeto Orchestra Brasil

Estudo apontam que durante uma noite de sono, as pessoas chegam a mudar de posição até 60 vezes. É um mecanismo de proteção do nosso corpo, que garante o descanso e evita lesões que podem acontecer quando o corpo pesa sobre o músculo por muito tempo. Nesse ponto, o látex se destaca por permitir melhor movimentação durante o sono.

Diego Milani, gerente de produtos da Camaleão Colchões, esclarece que outra atribuição dada ao látex no colchão é que ele “garante uma distribuição uniforme da pressão exercida pelo corpo, evitando dores e permitindo uma melhor circulação sanguínea”, explica. A temperatura neutra é outra vantagem, porque garante o conforto térmico independente da estação.

Outra característica que merece destaque é o fato de o látex possuir estrutura de células abertas, que como explica Diego “tem milhões de minúsculas bolhas de ar interconectadas, que tornam o material mais flexível, e principalmente garantem a ventilação e o controle de umidade.” Se tornando assim ideal para aquelas pessoas que tem algum tipo de alergiajá que com isso o material tem qualidades fungicidas, antibacterianas e antialérgicas.

(com informações da assessoria de imprensa)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile