Flex do Brasil investe na web para oferecer melhores experiências de compra

Site da Simmons ganha funcionalidade onde o consumidor inclui informações e recebe dica do melhor produto para seu perfil

Publicado em 27 de setembro de 2018 | 16:05 |Por: Ricardo Heidegger

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Na busca por tornar a experiência de compra de um colchão mais agradável e assertiva, a Flex do Brasil está investiu na reestruturação dos sites da própria Flex e das marcas Simmons, Epeda e Aireloom. O objetivo da ação é de oferecer informações acessíveis e menos técnicas que garantam ao consumidor comprar o colchão certo para cada perfil.

Divulgação Flex do Brasil

Produção de colchões

Fábrica da Flex do Brasil está localizada em Limeira (SP)

De acordo com a gerente de marketing da Flex do Brasil, Satye Inatomi, o objetivo é prover os sites com funcionalidades que ampliem a interação com o cliente.

“Iniciamos com a reformulação do site da Simmons e, gradualmente, vamos estender para as demais marcas. Todo fluxo era de buscas orgânicas. Não tínhamos trabalho efetivo com a web para aumentar o número de visitas e, desta forma, poder converter esses acessos em leads de vendas, trazer essas pessoas para a empresa, enfim, se relacionar melhor com elas”, explica.

Essa fidelização do cliente por meio da internet de busca, principalmente, visa atender as necessidades dessas pessoas. É a principal ferramenta que ajuda o consumidor a encontrar o colchão correto para seu uso.

“A maior dificuldade que a gente identificou no consumidor na hora de escolher um colchão foi exatamente em saber qual é o melhor para atendê-lo. Qual é o mais indicado para o seu perfil”, lembra Satye.

Atualmente existem milhares de tecnologias no segmento o que torna a escolha ainda mais difícil. E para complicar, segundo Satye, as informações aparecem com uma linguagem extremamente técnica. “O consumidor, na hora de comprar um colchão, se perde. Decidimos criar um mecanismo de busca dentro do próprio site em que o consumidor coloca o perfil dele, desde peso, altura, se dorme sozinho, se mexe muito, se sente muito calor, e o sistema indica qual o colchão ideal para ele”, lembra.

Plataforma de educação da Flex do Brasil

A ideia é utilizar o site também como uma plataforma de educação do consumidor. “Temos lá vários tutoriais, vídeos de dicas de como manter um colchão, como escolher o produto, qual o melhor lugar para realizar a compra. A Flex tem essa sensibilidade e preocupação, não quer só vender, quer vender o produto certo e assim conquistar cada vez mais fãs das nossas marcas. Nosso objetivo é melhorar a consciência e a relação do consumidor com o colchão, ainda não muito valorizado no mercado brasileiro”, diz.

O objetivo da Flex do Brasil, com a plataforma, é passar o maior nível de informações para o consumidor e melhorar a experiência dele em contato com a marca, seja através de um fale conosco, pós-venda ou no contato com as lojas credenciadas.

– Casas Bahia disponibiliza aplicativo de realidade aumentada

Com as novas aplicações em funcionamento, a Flex do Brasil inicia, a partir de junho, um trabalho de investimento nas ferramentas do Google. “Nossa meta é aumentar a viralização, o nível de interatividade, aumentar o fluxo de perfis, para conseguir converter mais clientes”, finaliza Satye.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile