Móveis Rodial confiante em retomada da economia

Gerente comercial da Móveis Rodial, Lindomar Pivotto fala sobre as expectativas do setor moveleiro para 2016 e da empresa para a Movelsul

Publicado em 10 de novembro de 2015 | 11:38 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

Divulgação Rodial

Móveis Rodial

“O próximo ano será de muitos desafios para o setor”, frisa Lindomar Pivotto

Todos os setores da economia brasileira sabem que este não foi um ano fácil. Na visão da Móveis Rodial, fabricante de móveis e complementos para dormitórios e mobiliário infantil e juvenil, foi um ano de desafios, mas para 2016 espera-se melhora. Em entrevista exclusiva para o Portal eMobile, o gerente comercial, Lindomar Pivotto, fala sobre o cenário do setor em 2015 e sobre o próximo ano no qual a empresa espera uma lenta recuperação, com inúmeros desafios em busca de um bom desempenho no mercado.

Pivotto também comenta sobre as expectativas da Móveis Rodial para o próximo ano tanto para a indústria fabricante de móveis quanto para o varejo, além das perspectivas dos produtos da empresa e preparativos para a Movelsul 2016. Confira:

Portal eMobile – Qual cenário a Móveis Rodial espera para o setor moveleiro em 2016?
Pivotto – Temos consciência que a economia não deve se recuperar rapidamente e 2016 deve ser um ano de lenta recuperação. O setor moveleiro deve fechar em queda em relação a 2014. Isso nós leva a acreditar que, a exemplo de 2015, o próximo ano será de muitos desafios para o setor. A indústria moveleira está tendo que se ajustar a essa realidade de vendas retraídas e em queda, além da dificuldade para repassar os custos de matéria-prima e produção. Dessa forma o trabalho se volta para dentro, ou seja, reduzir custos, melhorar a eficiência e criar novas alternativas.

Portal eMobile – E no varejo de móveis?
Pivotto – No varejo o que notamos é que a ponta não está vendendo, o consumidor está mais cauteloso em assumir dividas e há falta de dinheiro devido à redução do emprego. Isso tem forçado muitas redes a rever seus projetos de expansão e o fechamento de muitos pontos de venda. Isso deve interferir diretamente na compra em 2016. O varejo também tem trabalhado muito a redução de custos, dentre eles a redução de estoque, o que também interfere nas programações de compra e dificulta o planejamento da indústria.

Leia mais:
Pequenos espaços, grandes ambientes
Femur 2016 tem data marcada
HB Móveis apresenta lançamentos

Portal eMobile – A Móveis Rodial espera que o varejo tenha uma melhora em relação a 2015? De que forma enxerga que isso pode ser possível?
Pivotto – Deve haver melhora. A Móveis Rodial acredita que haverá uma retomada na economia, fazendo com que o varejo tenha uma leve recuperação. A redução de estoque em 2015 pode resultar em uma demanda retraída que deve se reverter no momento que o varejo tiver essa recuperação. Em 2015 o varejo também se readaptou e precisa buscar recuperação de perdas em 2016.

Portal eMóbile – Quais as expectativas da Móveis Rodial para 2016?
Pivotto – São melhores que as que tínhamos para 2015. Acreditamos em uma recuperação lenta, mas constante. A indústria, e a Rodial entre elas, se reorganizou nesse ano e 2016 não deve trazer tantas supresas negativas como 2015.

Divulgação Rodial

Móveis Rodial

A empresa acredita em uma recuperação lenta, mas constante do setor moveleiro

Portal eMobile – Quais as perspectivas dos móveis da Móveis Rodial no varejo em 2016? Haverá novas linhas de produtos, quais as expectativas acerca deles?
Pivotto – Ainda estamos criando as estratégias de produtos. Esse ano nós nos planejamos com atraso, já que está mais difícil fazer a leitura do comportamento futuro do mercado quanto a produtos e tendências. Isso é o grande “pulo do gato”: prever com o máximo de proximidade os rumos do comportamento do consumidor com as mudanças impostas pela nova realidade econômica. Estamos trabalhando para entender isso.

Portal eMobile – Entre as regiões em que a empresa atua, espera-se uma atuação melhor em 2016 em um mercado específico?
Pivotto – Os mercados estão tendo comportamento de retração muito semelhante nesse ano. A Móveis Rodial não acredita que haverá grandes diferenças regionais no comportamento de consumo, salvo as regionalidades que devem ser sempre observadas. Atuamos em todos os mercados e devemos ter um comportamento semelhante. Na exportação é que deve se localizar as diferenças em cada país com suas particularidades.

Portal eMobile – O que a empresa espera da Movelsul 2016? Como estão os preparativos?
Pivotto – A feira Movelsul é a nossa principal feira, participamos de todas as edições. É a feira mais importante para o setor. A tendência é que as empresas estejam mais cautelosas quanto aos investimentos, porém é o momento de trazer novidades e criatividade para o mercado. A situação econômica faz com que a indústria precise ser criativa e essa deve ser uma característica muito forte para a Movelsul: criatividade. Ainda não temos definições de produtos a ser lançados. Mas certamente levaremos novidades. Estamos trabalhando nisso.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile