Micro e pequenos empresários creem em melhora da economia

Dados são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

Publicado em 3 de novembro de 2016 | 17:12 |Por: Guilherme Osinski

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o Indicador de Confiança da Micro e Pequena Empresa de Varejo e Serviços (ICMPE), registrou o maior nível desde maio do ano passado, alcançando 50,6 pontos no último mês de outubro. Isso mostra um aumento na confiança dos empresários com relação à economia e aos negócios, já que no mesmo período de 2015 o indicador marcava 38,7 pontos, e quanto mais próximo de 100 mais otimistas os gestores estão.

Shutterstock

economia

Possível início de um novo ciclo na queda da taxa básica de juros pode estimular o crescimento da economia

Os dados revelam que 53% dos empresários de varejo e serviços estão esperançosos com o futuro da economia brasileira, enquanto 69% acreditam que seus negócios terão bons resultados nos próximos meses.

“A melhora gradual da confiança é uma boa notícia sobre a situação econômica do país. Evidencia que os empresários sondados estão, em sua maioria, confiantes com os rumos da economia e dos negócios. É importante observar, porém, que o indicador ainda não toma distância do nível neutro, de 50 pontos, sugerindo que há uma quantidade expressiva de sentimentos opostos”, comenta o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Leia mais
Cidades com maior renda média
Reforma trabalhista e seu impacto
Gestão do ponto de venda

A volta do otimismo contrasta com o último semestre um tanto quanto difícil vivido por boa parte dos micro e pequenos empresários. Para 71,1% desses, a economia piorou nos seis últimos meses, e 56,9% afirmam que os negócios também passaram por turbulências no mesmo intervalo de tempo. Segundo a SPC Brasil, o atual momento é caracterizado por um processo de reversão nas expectativas, já que se por um lado há a esperança de melhora nos negócios por outro a avaliação sobre os últimos meses é extremamente negativa.

Quer saber mais? Curta a página do Portal eMóbile no Facebook e fique por dentro do setor moveleiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile