Comunicação com o consumidor é essencial

Investir em pesquisa é uma das armas para ter uma comunicação relevante, segundo a professora do curso de Relações Públicas da Faculdade de Comunicação e Marketing da FAAP

Publicado em 9 de abril de 2014 | 13:51 |Por: Frances Baras

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Imprescindível para as estratégias de marketing de qualquer organização, a comunicação exige mais atenção do que nunca por parte do varejo em função do novo perfil do consumidor. Mais bem informado e com acesso a mais produtos, ele quer mais das marcas que consome. Portanto, segundo a professora do curso de Relações Públicas da Faculdade de Comunicação e Marketing da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), Isabel Cristina de Araújo Rodrigues, a função da comunicação passa a ir além de vender, fidelizar, criar ou fortalecer a reputação de uma marca, produto ou serviço.

Cleide de Paula/Revista Móbile

Perfil do consumidor

Em 10 anos, o consumo no Brasil passou de R$ 1 trilhão para R$ 2,6 trilhões, segundo o Boston Consulting Group; mas a comunicação ainda é desafio para os varejistas

 

“O consumidor atual não é apenas e tão somente um consumidor de produtos e serviços, ele é, também, e cada vez mais, um consumidor de ideias. Em razão dessa nova configuração, a comunicação institucional/corporativa é de extrema relevância para o êxito das ações de marketing”, destaca.

Leia mais:
– Ações diferenciadas em redes sociais trazem resultados
– Entrevista: Hábitos do novo consumidor brasileiro
– Rio Grande do Sul é destaque no mobiliário brasileiro

Investir em pesquisa é uma das armas para ter uma comunicação relevante, acrescenta Isabel. “Toda empresa que visa o bom relacionamento com seus públicos-alvo tem como tarefa principal mapeá-los, ou seja, defini-los e classificá-los. Hoje existem no mercado inúmeros modelos de pesquisas que ajudam as empresas a conhecer a fundo o público-alvo de suas marcas, produtos e serviços”, sugere.

Para o sócio-diretor da Solo Direto ao Ponto, de São Paulo, Marcelo Murin, perdem-se oportunidades na manutenção do relacionamento com o cliente quando não há a preocupação com a identificação do público. “É fundamental conhecer seu cliente e ter uma boa base de informações sobre ele. Assim, é possível estar sempre em contato, oferecendo serviços diferenciados, e gerar fidelidade. Quantos e quantos clientes não migram de lojas de varejo por não terem recebido a devida atenção, ou simplesmente por desleixo no pós-venda?”, questiona.

Confira essa reportagem completa na edição 304 da revista Móbile Lojista.


Os comentários estão desativados.

eMobile