Comércio eletrônico tem queda anual de preço pelo 6º mês seguido

De acordo com o Índice Fipe Buscapé os preços do comércio eletrônico acumulam queda de 4,48% no ano

Publicado em 24 de junho de 2017 | 10:00 |Por: Pedro Luiz de Almeida

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os preços do comércio eletrônico brasileiro, no comparativo maio–abril deste ano, tiveram queda de 1,16%. Isso é o que informa o Índice Fipe Buscapé, que, com esta publicação, completa 80 meses de estudo, sendo que em 54 delas, ou 68%, houve redução de preços como reflexo da dinâmica competitiva do setor e da natureza dos produtos predominantemente vendidos.

iStock

comércio eletrônico

No período anual os preços do comércio eletrônico tiveram variação -7,8% inferior aos preços gerais da economia

A queda de 1,16% refletiu uma difusão de redução de preços em 7 dos dez grupos, e em 84 das 149 categorias pesquisadas. Este é o sexto mês seguido de queda anual nos preços do comércio eletrônico. Em termos de variações anuais, manteve-se a tendência de queda nos preços do comércio eletrônico, de acordo com o Índice Fipe Buscapé.

Confira a projeção da Abcomm para o e-commerce este ano

Após uma escalada da inflação anual nos preços do comércio eletrônico, em 2015 — chegando a quase 11% no início de 2016 — a variação anual cresce gradualmente menos a partir do 2º trimestre de 2016. Tendência de queda que culminou com -4,48% em maio deste ano.

No período anual, maio de 2017–maio de 2016, cinco dos 10 grupos pesquisados pelo Índice Fipe Buscapé apresentaram queda de preço, havendo expressiva diferença no comportamento de preço entre os grupos de produtos que compõem o índice, que vai de uma queda de -15,5%, em Telefonia, a um aumento de 1,8%, em Casa e Decoração.

Conheça a opção de realidade aumentada no app da Mobly 

Como vem ocorrendo ao longo dos últimos cinco anos, a variação anual dos preços no comércio eletrônico é menor do que a inflação geral, medida pelo IPCA, que em 12 meses, terminados em maio deste ano, foi de 3,60%. No período anual os preços do comércio eletrônico tiveram variação -7,8% inferior aos preços gerais da economia.

iStock

comércio eletrônico

A queda de 1,16% refletiu uma difusão de redução de preços em 7 dos dez grupos, e em 84 das 149 categorias pesquisadas

Os principais fatores que explicam as diferenças de preços são:

a) o Índice de Preços FIPE Buscapé monitora uma cesta de produtos diferente daquela avaliada pelos índices de preços gerais, ou seja, apenas produtos que são mais comprados por meio da internet;

b) os pesos dos produtos que compõem o Índice FIPE Buscapé são bastante diferentes dos índices gerais;

c) o canal de distribuição monitorado pelo Índice FIPE Buscapé é exclusivamente o e-commerce, enquanto os outros índices monitoram vários outros canais tradicionais e físicos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile