Movelpar segue com cronograma

Apesar da paralisação das estradas que dão acesso a Arapongas (PR), empresas do setor estão criando alternativas para cumprir com a montagem dos estandes

Publicado em 24 de fevereiro de 2015 | 13:20 |Por: Marina Gallucci

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os pontos interditados nas rodovias estaduais do Paraná, em consequência das paralisações dos caminhoneiros que bloqueiam diversos trechos pelo País, atrapalharam o início do processo de montagem dos estandes da Movelpar, que começou ontem (23). Porém, segundo a organização da Movelpar, cerca de 1/3 dos estandes já estão sendo montados e a feira continua dentro das previsões para a sua abertura no dia 9 de março.

Helton Hubner

Movelpar

Movelpar: cronograma segue normalmente

De acordo com a assessoria de imprensa da feira, o bloqueio mais atrapalha o ânimo que o evento neste momento, devido a apreensão que criou entre os expositores. Entre as alternativas encontradas pelos fabricantes está descarregar caminhões e colocar o material em caminhonetes menores, prosseguindo como o programado.

 

Leia mais:
Começa a montagem da Movelpar
Setor é afetado por bloqueio das rodovias
Expoara é certificado com ISO 9.001 e 14.001

Entenda

Indo para o seu sétimo dia, o protesto dos caminhoneiros já envolve mais de 36 trechos bloqueados nas rodovias estaduais e federais do Paraná. As manifestações, que começaram de forma isolada em estradas do Paraná e de Santa Catarina, se espalharam para outros estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás. De acordo com os manifestantes , a paralisação não tem data para acabar.

Em alguns trechos, o problema vem se arrastando desde o dia 13 de fevereiro, com bloqueios parciais em algumas regiões dos estados afetados pelo protesto. Na região de Arapongas, conforme noticiado pelo portal eMóbile, ontem, a medida estava impedindo a entrega e o recebimento de matérias-primas e produtos acabados, bem como o acesso ao pavilhão de exposições em Arapongas (PR) – situação que segundo a organização da Movelpar começa a ser contornada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile