Black Friday: 10 dicas para vender mais

Especialista em varejo e consumo, Fred Rocha, lista dicas para ajudar os varejistas a faturarem mais na Black Friday

Publicado em 10 de novembro de 2016 | 9:05 |Por: Phaenna Assumpção

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Shutterstock

Segundo Serasa Experian previsão de faturamento em 2016 é de R$ 2,1 bilhões

Segundo Serasa Experian previsão de faturamento em 2016 é de R$ 2,1 bilhões

A Black Friday deste ano acontecerá no dia 25 de novembro. Esse é o dia em que o varejo se propõe a fazer grandes promoções em todo país e entrou para o calendário do Brasil.

A data já é tradição nos Estados Unidos e alguns lojistas se preparam até mais do que para o Natal. Aqui no Brasil ela chegou desacreditada, mas existem sim empresas que realmente oferecem descontos de verdade e o varejo pode fazer a diferença, aproveitando o evento com credibilidade e com um bom faturamento.

O especialista em varejo e consumo, Fred Rocha, listou 10 dicas para que os varejistas consigam faturam mais na Black Friday:

Leia mais
Entrevista: Eleonor Oscar Becker, presidente da Lojas Becker 
Micro e pequenos empresários creem em melhora da economia 
Projeto descarte On realiza logística reversa com varejistas da Lapa 

Valorize seus clientes fiéis

Aquele seu cliente que sempre está comprando, precisa se sentir ainda mais valorizado. Mostre o quanto ele é importante para você. Pesquise a sua base de dados, defina um ticket-médio e selecione os clientes mais fiéis para receberem um desconto especial para a Black Friday. Essa diferenciação pode te render bons negócios durante todo o ano.

Verifique seu estoque

É interessante aproveitar a data para liquidar também aqueles produtos que não vendem. Busque os produtos que estão no estoque há algum tempo, remarque e coloque em destaque na loja.

Monte kits

Uma boa saída para aquelas mercadorias que não têm giro sozinhas é colocá-las em kits ao lado de produtos que vendem melhor e criar kits que tenham o perfil do seu cliente.

Busque a indústria

Verifique quais fornecedores conseguem reforçar o seu estoque até o dia 25 para que possa planejar suas promoções em conjunto. A indústria deve ter produtos para fazer giro, então é interessante acioná-los para ver o que tem disponível para a data.

Crie promoções verdadeiras

Quando for criar uma promoção, coloque-se no lugar do consumidor e se pergunte: será que ele vai ter a percepção que isso é uma promoção de verdade? É muito comum no Brasil o lojista achar que a promoção dele é uma promoção de verdade. Eu sempre digo que, quem tem que achar que a promoção é boa é o cliente, não quem está fazendo a promoção. Não pode ser 5% ou 10% em produtos que o consumidor não vê valor, tem que ser algo que o seu cliente veja como promoção real, que realmente faça a diferença no bolso. O consumidor brasileiro está cada vez mais antenado e informado. Então, atenção! Nada de resgatar a “Black Fraude” do passado.

Invista em comunicação

Como grande parte do varejo brasileiro fará promoções neste dia, é importante chamar atenção para a sua loja com propaganda, principalmente na porta da loja. O consumidor vai pra rua em busca de boas promoções, então, coloque a sua melhor oferta estampada na entrada da loja para que ele se sinta atraído a entrar. Também é interessante divulgar suas promoções nas redes sociais ou na mídia tradicional, pois é muito importante que seu cliente saiba que você terá preços especiais para a data.

Programe um dia especial na loja

Se for possível, amplie seu horário de atendimento. Ações como abrir a loja mais cedo e fechar mais tarde contribuem para que as vendam sejam ainda maiores. Atividades para crianças e degustações dos produtos também ajudam a trazer clientes para a loja.

Prepare e cuide bem da sua equipe

A sua equipe tem que estar treinada para receber os clientes, mostrar as promoções e reverter vendas de mercadorias que tenham maior lucro agregado. Então, faça um treinamento com seus colaboradores um dia antes, elencando tudo o que está em promoção e os pontos fortes dos produtos que serão liquidados. Ajude-os a driblar eventuais dificuldades que podem acontecer durante o dia e não esqueça de passar informações também dos produtos que não estão em promoção , mas que são interessantes para a loja. Assim, o seu vendedor pode aproveitar a vinda do cliente à loja para vender outros produtos que tenham maior valor agregado. Outra ação interessante é vestir sua equipe com camisetas pretas, com dizeres brancos. Além de dar todo o apoio para que a sua equipe consiga vender, que tal um pouco de motivação com mimos para quem cuida da sua marca? Ofereça um lanche, contrate alguém para servir água, café e suco. Vendedores motivados e valorizados atingem melhores resultados.

Reforce sua plataforma de e-commerce

A Black Friday no Brasil é tão forte no e-commerce que, hoje em dia, a grande reclamação em relação à data é a capacidade dos sites em absorver a grande entrada de clientes querendo aproveitar as promoções. Então, prepare a estrutura da sua loja virtual para receber um maior tráfego de acessos neste dia para evitar a queda do servidor e possíveis perdas de vendas relativas aos erros de sistema do site.

Faça os clientes voltarem depois da Black Friday

Aproveite o aumento do fluxo de clientes durante a Black Friday para oferecer descontos para datas posteriores, como em novembro para antecipar as compras de Natal. Ou se a loja estiver com um ótimo fluxo de caixa, aconselho oferecer cupom de desconto de 50% em algum produto para ser gasto em janeiro. Imprima pequenos cheques para esses cliente voltar em janeiro, mês normalmente fraco em vendas.


Os comentários estão desativados.

eMobile