Black Friday terá adesão de 80% dos consumidores online

Apesar do otimismo da pesquisa, categoria ‘Móveis’ não entra entre as que vão vender mais, como Eletrônicos, Informática, Eletrodomésticos e Telefonia/Celulares

Publicado em 16 de outubro de 2015 | 14:03 |Por: Sandra Solda

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

 

Divulgação

9451.17765-Black-Friday

81% dos entrevistados planejam aproveitar os descontos da data, de acordo com a pesquisa da Ebit/Buscapé

 

Cerca de 80% dos consumidores online já aguardam pela Black Friday, maior data anual de descontos do e-commerce brasileiro. E mais: para aqueles que não pensam em gastar, a instabilidade econômica não é a principal influenciadora, aparecendo como justificativa para apenas 15%.

Essas são algumas das conclusões de pesquisa realizada pela E-bit/Buscapé unidade especializada em informações do comércio eletrônico do Buscapé Company, para avaliar a expectativa de consumo para o evento, marcado para 27 de novembro, última sexta-feira do mês.

O levantamento foi feito em agosto e contou com 2.224 respondentes que realizaram pelo menos uma compra pela Internet nos 12 meses anteriores. De acordo com o estudo, 81% dos entrevistados planejam aproveitar os descontos da data. São consumidores que optam pelo comércio eletrônico ao menos duas vezes por ano; 96% fizeram alguma compra online nos seis meses anteriores e 95% planejam fazer o mesmo nos seis meses seguintes.

Leia mais: 
– Gazin lança nova ferramenta de compra
– Caemmun começa vendas para a Black Friday
– Móbile Lojista 322: Varejo no Sudeste

As categorias que mais se destacaram como as de maior intenção de compra para a Black Friday foram Eletrônicos (37%), Informática (27%), Eletrodomésticos (27%), Telefonia/Celular (25%) e Livros (17%).

“Nossa pesquisa mostra que o consumidor está ansioso em receber as ofertas. A instabilidade econômica não é motivo para retração no varejo online. Ao contrário, a Black Friday é uma oportunidade de encontrar ofertas imperdíveis para realizar aquele antigo sonho de consumo, mas que teve de ser adiado para um momento mais oportuno”, afirma André Ricardo Dias, diretor executivo da E-bit/Buscapé.

“A proximidade do Natal também impulsiona a data, já que os consumidores aproveitam as promoções para comprar os presentes ao invés de deixar para a última hora, quando os preços estão mais altos e também pode haver dificuldade de encontrar alguns produtos mais desejados. A pesquisa indicou que 45% dos consumidores farão compras na Black Friday para presentear no Natal”, acrescenta.

A maioria que não pretende comprar (52%) justifica não acreditar que existam descontos. Outros motivos são: a instabilidade econômica (15%), a não necessidade de comprar (13%) e não ter interesse (3%). Mas 7% disseram que irão comprar “só se as ofertas forem boas”.

Forma de pagamento e interesse prévio nas ofertas

O cartão de crédito foi apontado pela maior parte dos consumidores como o meio de pagamento preferido para comprar na Black Friday, principalmente no caso das compras parceladas. Este meio de pagamento foi mencionado por 79% dos que pretendem adquirir eletrodomésticos ou celulares, produtos com os mais altos tíquete médio (R$ 1.076 e R$ 1.045, respectivamente, para compra de um a dois itens) nesta pesquisa. O boleto bancário foi indicado como a segunda opção, chegando a 26% no caso de Livros (tíquete médio de R$ 228 para três livros).

Questionados ainda se desejam receber informações (como dicas, ofertas e promoções) nos dias anteriores, 78% disseram que sim e 86,4% assinalaram o e-mail como o canal preferido para receber os anúncios.

Perfil do respondente da pesquisa:

Gênero: 65% de homens e 35% de mulheres;

Faixa de idade: 32% entre 35 e 49 anos, 50% entre 25 e 34 anos e 50 e 64 anos, 11% de 18 a 24 anos, 6% com mais de 64 anos e 1% até 17 anos;

Renda familiar (maiores): 27% com renda entre R$ 1.000 e R$ 3.000; 25% entre R$ 3.001 e R$ 5.000; e 18% entre R$ 5.001 e R$ 8.000;

Unidade federativa: 36% são do Estado de São Paulo; 12% de Minas Gerais e 11,5% do Rio de Janeiro.

Entidades apoiadoras na Black Friday 2015

O Grupo Buscapé Company, do qual a E-bit faz parte, conta em 2015 com o apoio de diversas entidades de respeito na realização e informações divulgadas sobre a Black Friday. São elas: Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Digitalks (empresa líder do setor de marketing digital), E-Commerce Brasil (maior portal brasileiro de e-commerce), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau, mais importante rede de associações de mídia interativa) e Boa Vista (administradora do SCPC – Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Sobre a E-bit/Buscapé (www.ebit.com.br):

Presente no mercado brasileiro desde 2000, a E-bit/Buscapé acompanha a evolução do varejo digital no País desde o seu início, sendo a maior referência em inteligência competitiva para o e-commerce. Através de um sofisticado sistema, que coleta dados diretamente com o comprador online, a E-bit/Buscapé gera informações detalhadas sobre o mercado diariamente. São mais de 20 milhões de pesquisas coletadas em mais de 21.000 lojas virtuais afiliadas.

(Informações da Assessoria de Imprensa)

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile