Aprenda a escolher o melhor canal de vendas

Para as empresas, a melhor estratégia é integrar as múltiplas possibilidades relacionadas aos canais de venda para tirar o melhor proveito de cada um

Publicado em 22 de abril de 2015 | 10:11 |Por: Marina Werneck de Capistrano

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Atualmente, o consumidor emprega diversos canais para realizar uma compra. Ele deseja se relacionar com a empresa de diversas maneiras antes, durante e depois da compra. Com isso, um grande desafio surgiu nas empresas: como escolher o melhor canal de venda?

A melhor estratégia é integrar as múltiplas possibilidades relacionadas aos canais de venda para tirar o melhor proveito de cada um. As empresas devem ser cada vez mais ágeis e inovadoras.

Leia mais:
O que o novo consumidor quer do varejo?
Conheça 10 tendências de consumo para 2015
Revista Móbile Lojista está de ‘cara nova’

Canais de venda

Divulgação Americanflex

Franquia Americanflex

Americanflex é exemplo de marca que possui lojas exclusivas, com o modelo de franquias

O objetivo é claro, distribuir produtos ou serviços utilizando todos os canais possíveis e sem conflitos entre eles. Para definir quais canais utilizar para determinada região ou tipo de produto, uma série de fatores deve ser levada em conta como mix de produtos, modelo econômico e território. Abaixo, confira os principais.

Revendedores independentes: Empresas que trabalham sem vínculo de exclusividade com a marca ou fornecedor. Adaptam o trabalho de acordo com a movimentação do mercado.

Distribuidores: São geralmente atacados, que vendem produtos em grandes quantidades para outros elos do canal de vendas e cobrem uma grande parte de determinado mercado de determinada região. Geralmente assumem riscos de créditos junto aos clientes.

Concessionários: São aqueles que compram produtos diretamente dos fornecedores para revenda ao consumidor final.

Franquias: São empresas que utilizam identidade e padrões de operação licenciados pela empresa dona da marca. Os contratos são específicos e regidos por lei, mas a empresa é independente.

Divulgação Shutterstock

O telemarketing  ainda é muito utilizado principalmente por prestadores de serviço

O telemarketing ainda é muito utilizado principalmente por prestadores de serviço

E-commerce: O meio tem cada vez mais importância na estratégia de vendas de uma empresa. Diversos negócios já nascem com a estratégia de vendas voltada apenas à plataforma online.

Representantes comerciais: São autônomos ou empresas que vendem produtos em nome de um fornecedor.

Telemarketing: Ainda é muito utilizado principalmente por prestadores de serviço.

Para quem busca atingir um número alto de clientes e resultados rápidos, os melhores canais são os grandes varejistas e os atacadistas. Contudo, essas empresas costumam comprar somente aquilo que possa vender muito, por isso as marcas que ainda não têm uma boa reputação cristalizada no mercado encontram dificuldades. Nesse caso, deve-se trabalhar de forma integrada com os demais canais que possam construir essa imagem e essa presença, como franquias, representantes comerciais e revendedores especializados.

Para ser visto

Um grande desafio para uma empresa é conseguir visibilidade por meio dos canais de venda. Com a abertura de pontos de venda próprios, por exemplo, alcança-se a visibilidade e o controle almejado sobre a operação de venda. Depois de abrir os pontos próprios, o ideal é expandir as lojas por meio de franquias.

Por fim, é essencial avaliar com critério o mix de produtos, a capacitação dos responsáveis por cada um dos canais e a estrutura física e financeira da empresa para definir as melhores estratégias de vendas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile