Fiasini concentra mix de produtos e projeta retomada

Com foco voltado para o segmento de racks, homes e estantes, empresa de Arapongas (PR) prevê um 2015 de crescimento

Publicado em 13 de abril de 2015 | 15:23 |Por: Marina Gallucci

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Divulgação Fiasini

Bancada Firenza, da Fiasini: para a marca é necessário agregar mais funcionalidades em uma única peça

Bancada Firenza, da Fiasini: para a marca é necessário agregar mais funcionalidade em uma única peça

A Fiasini Móveis iniciou o ano com nova estratégia para seu mix de produtos, voltando a dedicar-se aos segmentos que historicamente marcam a tradição da marca: racks, homes e estantes. Instalada em Arapongas (PR), a fabricante também era produtora de conjuntos para quarto e dormitórios.

“Este movimento é porque sempre tivemos maior know-how nessas áreas. A história da Fiasini foi construída em cima delas”, explica o gerente comercial, Adelino Cardoso Martins.

Para o segundo semestre, Martins divide que “há uma perspectiva de começarem a trabalhar com uma linha de painéis para TV”. “Diversidade, porém ainda focada nesse espaço da casa”.

Leia mais:
Expectativa para Movelpar é de bons negócios
Expositores da Movelpar valorizam funcionalidade

Setor moveleiro adere ao Outubro Rosa

Oferta x Velocidade

Reduzindo o seu mix de produtos, o objetivo da empresa é dar maior agilidade para a produção e, consequentemente, para a entrega. “Acreditamos que sejam produtos com mais giro no mercado e, com isso, esperamos que os lojistas voltem a fazer pedidos mais rapidamente também”, pondera o gerente comercial.

Para crescer, a companhia também vai dar mais atenção a regiões estratégicas onde enxergam potencial. Hoje, a Fiasini atua em praticamente todo o País e exporta para outros seis países. “Este [o internacional] é outro mercado que vai ter uma atuação voltada para a recuperação da cartela de clientes”, detalha Martins, sem revelar os mercados-alvo.

Momento de recuperação

Segundo Adelino Martins, todas essas movimentações para a “retomada de mercado” retratam uma situação bem particular da Fiasini. “Nossa marca está se recuperando de uns dois anos de certa inércia. Mas, com a atitude de concentrar-se nesse mix de produtos e de retomar parcerias estratégicas, estamos otimistas com a fase atual. É algo nosso e desassociado com o otimismo para o ano em si”, esclarece.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile