Vendas de painéis de madeira em 2018 crescem 2,9%

Dados da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) apontam que o setor teve a maior alta desde 2014

Publicado em 28 de fevereiro de 2019 | 13:44 |Por: Luis Antônio Hangai

Nesta quinta-feira (28) a Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) divulgou os resultados acumulados de 2018 nas vendas de painéis de madeira, tanto no mercado interno quanto externo. A mais recente publicação da entidade aponta que o consumo doméstico deste produto foi de 6,6 milhões de m³ no ano passado, o que equivale a uma variação positiva de 2,9% sobre 2017 (quando o montante chegou a 6,4 milhões de m³).

Esse é o melhor resultado do setor de painéis de madeira desde 2014, quando as vendas do segmento atingiram o patamar de 7,2 milhões de m³. Confira a trajetória dos últimos anos na tabela abaixo:

No decorrer de 2018, as vendas de painéis de madeira apresentaram as taxas mais altas a partir do segundo semestre. De junho a dezembro, todos os meses obtiveram variações positivas frente aos mesmos meses do ano anterior. Os picos no consumo foram constatados em agosto (634 mil m³ e alta de 11% frente a agosto de 2017) e novembro (636 mil m³ e alta de 3,4% frente a novembro de 2017).

Fabricantes de painéis apostam em novas texturas para valorizar projetos

Já no primeiro semestre de 2018 foram observadas baixas no consumo de painéis em fevereiro, março e, sobretudo, em maio, prejudicado pela greve dos caminhoneiros. No quinto mês do ano as vendas foram de 383 mil m³, uma queda de 28% em comparação com o mesmo período de 2017. Veja no gráfico abaixo a trajetória completa:

vendas de painéis de madeira

Vendas de painéis de madeira para o exterior

A exportações de painéis de madeira passaram de 1,2 milhões de m3 em 2017 para 1,3 milhões em 2018, um incremento de 4,2%. Em valores, 2018 chegou a um acumulado de US$ 310 milhões: aumento de 7,3% em relação ao comercializado em 2017. Vale frisar que este crescimento teve como base de comparação um ano de elevada evolução, já que 2017 obteve alta de 15,6% frente a 2016 nos valores exportados.

Os destinos das exportações de painéis de madeira do Brasil em 2018, em ordem decrescente, foram os países da América Latina (US$ 179 milhões), América do Norte (US$ 70 mi), Ásia/Oceania (US$ 31 mi), Europa (US$ 13 mi), África (US$ 11 mi) e China (US$ 6 mi). O Brasil importou apenas 5 mil m3 de no ano passado e 4 mil m3 em 2017, estabelecendo assim uma balança comercial bastante positiva e evidenciando sua autonomia na produção e vendas de painéis de madeira.


Os comentários estão desativados.

eMobile