Calculadora que projeta o consumo de papel é idealização da DocuSign

DocuSign cria calculadora que projeta o consumo de papel feito por empresas

Cerca de $2,28 bilhões de documentos foram assinados com o utensílio ofertado pela empresa

Publicado em 29 de Maio de 2018 | 17:46 |Por: Ricardo Heidegger

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Dia Mundial do Meio Ambiente acontece daqui uma semana (05/07), e decorrente a isso, a sustentabilidade no uso de documentos dentro de uma empresa por meio da substituição do papel por documentos digitais e como isso pode impactar o planeta, entraram em pauta no setor. Pensando nisso, e no impacto que o papel pode causar no meio ambiente, a DocuSign, empresa do segmento de assinatura eletrônica e gestão de processos digitais, criou uma calculadora para ilustrar esse consumo.

Mostrando a quantidade de madeira e água gastas na produção da quantidade de papel especificada, por meio do número de assinaturas ou envios, a calculadora também possibilita analisar o valor do dinheiro e tempo que são gastos. Até hoje, 2,28 bilhões de documentos foram assinados com a DocuSign, isso equivale a economizar R$ 239 bilhões em receita 316 mil barris de petróleo, 3.480 mil parques do Ibirapuera em árvores, 3.672 mil caminhões de lixo em dejetos, e 1.851 mil piscinas olímpicas em água em papel empilhado.

No Brasil, a empresa cita alguns casos de sucesso de marcas que já aderem à assinatura eletrônica, como o Banco Inter, que reduziu de 14 para oito dias o processo de contratação de crédito consignado pelos canais próprios do banco, reduzindo de 18% para 8% a taxa de desistência de clientes para a contratação deste tipo de produto. Outras indústrias também estão vivendo a realidade da assinatura eletrônica e digital, de acordo com a empresa.

– Quais precauções tomar nas finanças da marcenaria em tempos de baixa venda

Além disso, a DocuSign, realizou no final do ano passado uma pesquisa sobre a transformação digital. O resultado aponta que 90% dos entrevistados acreditam que é responsabilidade das companhias a redução do uso de papel no país, enquanto 41% afirmam ver negativamente empresas que pedem o preenchimento de formulários impressos por levantar dúvidas em relação ao cuidado com o meio ambiente.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile