Cores da Colour Futures traduzem tendências de comportamento

Criado pela Akzonobel, estudo identifica movimentos marcantes na sociedade para inspirar profissionais e consumidores

Publicado em 3 de Maio de 2017 | 17:34 |Por: Paulinne Giffhorn

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Criado pela Akzonobel, empresa proprietária da marca de tintas Coral, o Colour Futures é um estudo internacional de tendências de cores e estilos. Em uma pesquisa realizada entre julho e agosto de 2016, com 16 mil pessoas em 16 países – sendo mil entrevistados no Brasil –, a companhia identificou movimentos marcantes na sociedade para o próximo ano, traduzindo-os em paletas de cores que podem servir como inspiração para profissionais de arquitetura, design de interiores e consumidores.

Divulgação Akzonobel

Colour Futures - Cores

Conforto e silêncio são apontados na pesquisa como os principais benefícios do home office

Para 2017, o estudo apontou quatro tendências dentro do tema central “A vida sob um novo ângulo”. São eles: “Home Office”, “Novo Romantismo”, “Individualismo Compartilhado” e “Reinvenção do Luxo”. A pesquisa aponta que quase três quartos dos brasileiros (74%) querem fazer home office pelo menos três dias por semana. Boa parte dos brasileiros (76%) sente-se mais calma e relaxada quando tem a natureza dentro do lar. E mais: a maioria dos homens e mulheres daqui (76%) prefere receber amigos em casa a sair à noite.

Home Office
De acordo com a pesquisa, 74% dos brasileiros gostariam de trabalhar de casa ao menos três dias por semana. Conforto e silêncio são apontados como os principais benefícios do home office, além de resultar em mais produtividade. Para tarefas desafiadoras, o banheiro é apontado por 56% dos entrevistados como local ideal para resolvê-las, principalmente durante o banho.

Permeada por cinzas, azuis, vermelhos e amarelos, foi desenvolvida a paleta de cores do “Home Office”. “Cores contrastantes são a melhor ferramenta para criar o ambiente ideal para inspirar trabalho e lazer. Outra opção é delimitar, por meio da pintura, uma área de trabalho, usando formas geométricas ou blocos”, conta a gerente de ativação de marca e cores da Akzonobel, Fernanda Figueiredo.

Novo Romantismo
Segundo a AkzoNobel, 76% dos brasileiros sentem-se mais calmos e relaxados quando têm elementos como plantas, madeiras e pedras naturais em seus lares, para 41% dos entrevistados, a natureza em casa pode até aumentar a criatividade.

– AkzoNobel apresenta Sparlack Industrial

A paleta de cores do “Novo Romantismo” é permeada por verdes, azuis e violetas, incluindo as nuances de azuis violetados e verdes azulados. “Cada vez mais, as pessoas discutem questões relacionadas à preservação da natureza e sustentabilidade. Assim, esses assuntos vão ganhando mais espaço dentro das nossas casas e passam a ser tratados como prioridade em nossas vidas. Essa tendência é traduzida na decoração por meio de um estilo boho e eclético, o qual permite uma conexão maior com a natureza”, declara Fernanda.

Divulgação - Akzonobel

Colour Futures - Cores

A paleta de cores do “Novo Romantismo” é permeada por verdes, azuis e violetas

Individualismo compartilhado
Os brasileiros recebem, em média, 360 pessoas em suas casas por ano. Para eles, o lar tem sido a melhor opção para reunir família e amigos. Quando o assunto é o programa noturno, por exemplo, 76% preferem ficar em casa e desfrutar de um jantar, enquanto apenas 24% desejam sair.

Quando perguntados sobre as razões que levam à preferência por ficar em casa, os entrevistados apontam o conforto, maior facilidade para conversar e o fato de se sentirem mais confiantes e engraçados nesse espaço. Tamanha a importância do lar nas relações interpessoais que 57% dos brasileiros dizem só sentir que realmente conhecem uma pessoa quando já estiveram em sua casa.

A paleta de cores do “Individualismo Compartilhado” é composta por tons suaves de rosas e azuis em contraponto a um amarelo mostarda ou um offwhite levemente rosa. “Dentro desse contexto de compartilhamento, enxergamos como tendência o uso combinado de cores calorosas e aconchegantes para criar áreas comuns agradáveis e convidativas”, complementa Fernanda.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile