Série Especial: efeitos do LED na cor da madeira

Cor emitida pela iluminação possibilita valorizar mobiliário e proporcionar diferentes efeitos

Publicado em 8 de junho de 2017 | 13:26 |Por: Érica da Costa Diniz

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Dependendo do modelo de LED escolhido e a cor que a luz emite, é possível valorizar os tons da madeira ou até mesmo proporcionar outros efeitos no móvel. É esse o assunto da terceira reportagem da Série Especial LED nos projetos de marcenaria. O gerente de Produtos da Häfele Brasil, Ricardo Schartner, aborda que a importância da escolha da cor da madeira que será utilizada interfere na forma como o LED irá se comportar no móvel, devido ao reflexo da luz na madeira. “Quanto mais clara for a cor da madeira, mais ela reflete a luz, e por consequência, maior será a nitidez dos objetos ali expostos”, diz.

A coordenadora e professora do curso de Light Design do Instituo Europeu di Design (IED), Carina Tavares, acrescenta que “nnas fontes artificiais, cada lâmpada tem um comportamento diferente, onde o espectro pode valorizar mais a cor de um produto do que o outro”, diz.

LED e o efeito na cor da madeira - Série Especial“É importante considerar também o Índice de Reprodução de Cor (IRC), que indica com que grau de fidelidade as cores serão reproduzidas em uma determinada luz. A luminárias da Häfele possuem um IRC superior a 85, o que garante uma excelente reprodução das cores e o conforto visual ao ambiente, assim, aqueles que optarem pela utilização dos produtos da empresa não sentirão diferença neste quesito”, explica Schartner, da Häfele.

Carina fala sobre a falta de padronização de LED e a necessidade do marceneiro ter o máximo de atenção e cuidado ao comprar o produto.

“Quando falamos de LED temos uma fonte com muitas configurações diferentes, pois não temos uma padronização ainda, o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) está iniciando uma regulamentação. O ideal é consultar um especialista para que auxilie na escolha correta da fonte de luz, para valorizar o produto”, pontua.

Efeitos das cores
A professora diz quais são os efeitos das cores mais utilizadas em residências e móveis, a branca e a amarela. Amarela: As lâmpadas incandescentes, que emitem apenas a luz amarela, valorizam mais os produtos que tenham cores quentes, do que os tons de azul (foto). Isso entra no conceito de Índice de Reprodução de Cor (IRC).

Crédito: Lumini

LED e o efeito na cor da madeira - Série Especial - distribuição espectral

Distribuição Espectral do LED

Já na iluminação branca quente, a temperatura de cor é no máximo de 3000 K e valoriza mais a madeira.
“Entra um critério de sensações e é muito subjetivo. A madeira tem a sensação quente, diferente de um porcelanato, por exemplo. E a luz quente casa com esse material (valoriza)”, detalha a coordenadora.

Carina ressalta que é necessário procurar sempre bons produtos de LED no mercado, pois existe a questão de “desvio” de cor. “Mesmo especificando a temperatura de cor branco quente (2700 – 3000 K), existem produtos de baixa qualidade que o branco amarelado sai ‘esverdeado’,  ou ‘rosado’. Infelizmente, não existe LED bom e barato”, completa.

Série Especial LED nos projetos de marcenaria
– 06/06: Iluminação valoriza o mobiliário
– 07/06: Planejamento da aplicação do LED no móvel
– 08/06: Efeitos do LED na cor da madeira
– 09/06: Características do LED na iluminação dos móveis


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook