PrimaERP: ferramenta para gestão de tempo na marcenaria

Aplicativo permite estabelecer o uso de tempo na fabricação de móveis e mapear a eficiência de horas trabalhadas ou seu desperdício

Publicado em 19 de julho de 2018 | 17:00 |Por: Luis Antônio Hangai

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Embora sejam ambas fabricantes de móveis, a indústria seriada e as empresas sob medida diferem bastante no que diz respeito a processos, volume de recursos e maquinário. Outra diferença fundamental está na gestão de tempo na marcenaria que, por se tratar de uma produção mais próxima da artesanal na qual cada móvel é potencialmente diferente do outro, tem na quantidade de horas empregadas para finalizar cada peça um fator decisório na formação de preços.

O tempo é uma das métricas fundamentais na produção de mobiliário sob medida. Uma vez que o marceneiro aplica algum valor monetário às suas horas de trabalho e de seus funcionários, bem como do funcionamento de maquinário, quanto maior for o período de construção do móvel, mais caro ele se torna. Nesse sentido, uma marcenaria que estabelece processos eficientes de produtividade e acelera sua rotina fabril possui também condições para formular preços mais competitivos, uma vez que evita gastos provocados por ociosidade e outras formas de desperdício de recursos.

ZeroPaper: aplicativo auxilia no controle das finanças na marcenaria

De acordo com o consultor financeiro do Sebrae-PR, Willian Braga Tomaz, fazer o mapeamento do esforço de produção com base nas horas necessárias para a conclusão de cada peça é um dos passos fundamentais para a definição de preços dos móveis, e isso sem dúvida passa pela gestão de tempo na marcenaria.

“O princípio básico de todo negócio é que ele seja rentável e que ao formar o preço cubra os custos para ter lucratividade e rentabilidade no serviço oferecido. Essa questão passa pelo entendimento das horas trabalhadas e como a marcenaria estabelece o valor dessas horas. Vamos a um exemplo simples: se o custo mensal de um funcionário é R$ 1,5 mil e ele trabalha 200 horas mensais, então cada hora sua custa R$ 7,5 e uma peça que toma 5 horas para ser produzida custará no mínimo R$ 37,50 em termos de força de trabalho de um único funcionário”, explica o consultor.

Layout básico do PrimaERP na tela de um computador

PrimaERP: uma ferramenta de gestão de tempo na marcenaria

Uma das ferramentas disponíveis online para ajudar o empresário a fazer uma melhor gestão de tempo na marcenaria é o PrimaERP. Trata-se de um aplicativo em nuvem para registrar o tempo de projetos, tarefas e criar faturas, sendo assim adequado para o mapeamento e análise de horas empregadas no processo fabril de móveis sob medida. Tais informações auxiliam no aumento da produtividade e subsidiam ações contra ociosidade.

O aplicativo está disponível via web ou celular, sendo gratuito para até três usuários, mas com custos adicionais caso este limite seja ultrapassado (confira os preços aqui). Pode ser sincronizado com o Google Agenda e conta com apoio via e-mail e chat em tempo real para solução de dúvidas. Possui três funcionalidades integradas: controle de ponto dos funcionários, time tracking e faturação.

– Aumente as opções de pagamento na marcenaria com Payleven

A função time tracking é ideal para gestão de tempo na marcenaria, pois proporciona registro e controle individual e de equipes. Com ele é possível observar quanto tempo é dedicado a cada cliente, projeto, tarefa ou atividade, bem como gerar relatórios que podem ser filtrados e agrupados por cliente, projeto, etc. Seu manuseio permite monitorar a utilização de tempo, seus eventuais desperdícios e descobrir quão rentáveis são cada um dos projetos em execução.

Já a função de faturamento converte o tempo – registrado na função time tracking – em dinheiro, ou seja, determina o valor das horas trabalhadas. Pode-se começar simplesmente com um preço único por hora de trabalho, mas o aplicativo permite também a criação de listas com preços diferentes (por funcionário, cliente, tipo de trabalho e/ou projeto, etc). O usuário pode editar e agrupar os dados conforme sua necessidade, inserindo custos adicionais, tais como transporte ou material.


Os comentários estão desativados.

eMobile