O método PDCA e sua aplicação na marcenaria

Ciclo de autoanálise, PDCA pode auxiliar marceneiros em seus empreendimentos, renovando métodos e atualizando conceitos no trabalho

Publicado em 19 de maio de 2017 | 15:36 |Por: Gabriel Belo

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Dividido em quatro etapas distintas e sequenciais, o método PDCA, traduzido, consiste em: Planejar, Executar, Checar e Agir. A metodologia se aplica a vários setores diferentes da indústria, como vendas, marketing, compras, logística, produção, financeiro, projetos, varejos, serviços em geral e até mesmo na vida cotidiana. Entre todas essas categorias, também, está a marcenaria.

A graduanda de Engenharia de Produção na UEM (Universidade Estadual de Maringá), Nahaden Hanacleto, publicou, em 2016, juntamente a Nathalia Quezia Soares Benelli e Gabrieli Araldi de Carvalho, um artigo que analisa a aplicação do método PDCA no marketing de uma marcenaria. Nahaden concedeu entrevista ao Portal eMobile, explicando mais sobre o assunto e introduzindo sobre o “passo inicial” que deve ser dado.

Acervo pessoal

Método PDCA

Nahaden Hanacleto, Nathalia Quezia Soares Benelli e Gabrieli Araldi de Carvalho publicaram um artigo sobre o método PDCA na marcenaria

Segundo Nahaden, o PDCA é passível de utilização em qualquer setor de uma marcenaria, desde a seleção de fornecedores (início da cadeia produtiva) até a entrega e montagem do produto. Inicialmente, na fase de planejamento, o marceneiro e os colaboradores devem se reunir com o intuito de listar os principais problemas enfrentados pela empresa.

“Depois disto, será necessário priorizar os problemas, avaliando aqueles que mais impactam a empresa, de acordo com os critérios utilizados pela mesma. Uma vez escolhido o problema a ser solucionado, é hora de estabelecer metas, prazos, responsáveis e valores monetários (se for o caso) para as ações a serem tomadas, com vistas a finalizar a etapa de planejamento”, explica.

Depois de expor os métodos introdutórios para a aplicação do conceito PDCA em uma marcenaria, Nahaden pulou para a segunda fase do processo, que envolve a parte prática, tirando as ideias efetivamente do papel.

“A segunda etapa do ciclo PDCA consiste na execução das atividades planejadas na fase anterior. Para isto, será necessário orientar os colaboradores quanto à realização das tarefas e será preciso coletar dados do processo, como: tempo de realização de atividades, pesquisa de mercado, análise da qualidade da matéria prima por amostragem, criação e/ou avaliação de indicadores chave de processo, cálculo do desperdício de determinado item, entre outros”, complementa.

Depois do passo inicial no sentido de execução, é importante verificar, de forma realista, se as mudanças implantadas significavam melhorias. E aí, chega o momento de checar e corrigir.

–  Sustentabilidade e lucro em marcenarias

“Depois dos resultados serem avaliados e quantificados, deve ser feita a seguinte pergunta: Os objetivos propostos foram atingidos? Assim, se a resposta à pergunta for sim, as atividades realizadas devem ser padronizadas. Caso a resposta seja não será necessário verificar os erros cometidos, retornar à fase de planejamento e iniciar o ciclo PDCA novamente”, esclarece.

Reprodução

PDCA

Esquema do Ciclo PDCA

Por fim, Nahaden fez um apanhado da importância dessa visão autocrítica, visando melhorias, dentro de uma marcenaria. É uma forma importante de conhecer melhor sua própria empresa e adequá-la aos padrões e tendências de mercado.

Os resultados para a produção são inúmeros, mas consistem essencialmente em uma simples terminologia: melhoria contínua. A partir do momento em que aplica o PDCA e verifica o poder desta metodologia, o marceneiro buscará utilizá-la novamente para solução de outros problemas. Assim, a lógica do processo é que se padronize a atividade realizada, caso ela seja geradora de resultados positivos, e posteriormente uma nova melhoria seja implementada, buscando sempre aperfeiçoar toda e qualquer atividade dentro da marcenaria, estando ela situada no ramo produtivo, administrativo, financeiro”, conclui.


Os comentários estão desativados.

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook