Bosch transfere logística de ferramentas para Curitiba - eMobile

Bosch transfere logística de ferramentas para Curitiba

Capital Realty investiu cerca de R$ 20 milhões para abrigar a empresa, com fundamentação comercial olhando para o ponto de vista geográfico da Bosch

Publicado em 2 de Maio de 2017 | 15:32 |Por: Gabriel Belo

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A divisão de ferramentas elétricas da Bosch iniciou suas operações no Mega Centro Logístico de Curitiba, sendo administrado pela Capital Realty, umas das referências dentro do setor na Região Sul. A decisão dessa transferência se dá por conta da estratégia de ampliar a eficiência logística e diminuir o tempo de entrega para produtos.

O novo CD da Bosch, que veio de Louveira (SP), ocupa 25 mil metros quadrados e foi uma das cinco maiores entregadas feitas no Brasil pela Capital Realty ao decorrer do quarto bimestre de 2016. Por conta desse fator, o Paraná acabou ficando em segundo lugar em locação de condomínio logístico modular, ficando apenas atrás do mercado paulista. Os dados são da consultoria Engebanc, que mede o mercado classe A.

Júlia Zillig/Revista Móbile

Bosch-Fimma

Com forte atuação no mercado, Bosch ganhará logística em Curitiba

“Posicionado de forma estratégica, o Mega oferece o que há de mais elevado em padrão construtivo e uma performance operacional que se sobrepõe à maioria dos empreendimentos, com um custo por posição pallet bastante competitivo”, destaca Abiner Oliveira, diretor de serviços industriais e logísticos da Engebanc.

Além da Bosch, o Mega Curitiba também abriga operações de armazenagem de pneus da TWW Bridgestone e medicamentos da AGV/Novo Nordisk. O Centro Logístico fica em Campina Grande do Sul e está nas margens da BR 116, posição privilegiada para fluxo de produtos tanto entre Região Sudeste, Curitiba e Região Metropolitana, também introduzindo para o Sul do país e interior do estado do Paraná.

Segundo o gerente de logística da Divisão de Ferramentas Elétricas da Bosch, Vicente Fiorese, o custo-benefício foi um fator decisivo ao optar pelo imóvel da Capital Realty. Foram investidos R$ 20 milhões em infraestrutura. “O Mega Centro Logístico Curitiba foi a opção que entregou as melhores especificações técnicas. O trabalho, junto com o time de engenharia, permitiu uma personalização da construção, sem alterar as principais características dos galpões padrão Mega”, revela.

– Empresa apresenta soluções na Fimma Brasil 2017

O CD  pode atender até aproximadamente 16 mil clientes. O local emprega cerca de 200 pessoas, contando com 20 mil posições pallets e sendo responsável pelo armazenamento e distribuição das linhas de ferramentas elétricas, acessórios e peças de reposição das marcas Bosch, Skil e Dremel.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile