Consultora dá dicas para ser um bom vendedor de projetos de marcenaria

Além de projetar o mobiliário, é importante saber concretizar a venda do mobiliário sob medida

Publicado em 6 de julho de 2017 | 17:33 |Por: Gabriel Belo

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Além de projetar o mobiliário, é importante saber concretizar a venda do mobiliário sob medida. Para isso, um bom vendedor de projetos de marcenaria se torna fundamental para os negócios da empresa. A consultora de vendas, Flávia Mardegan, da Flávia Mardegan Consultoria e Treinamento, aponta o quão isso é importante para os bom desempenho da marcenaria no mercado e na relação com o cliente. “Tem que ter essa habilidade comercial, saber fazer essa leitura”, frisa.

A consultora ressalta que o primeiro passo para um bom vendedor de projetos de marcenaria é escutar muito bem o que o cliente está falando. “O maior erro dos vendedores é que eles não escutam os clientes. Eles ouvem alguma informação, já deduzem e trabalham em cima do que eles estão presumindo, eles perguntam pouco”, observa.

Arquivo Pessoal

vendedor de projetos de marcenaria

Flavia Mardegan aponta dicas para o marceneiro melhorar suas vendas

Ela aborda que a transmissão de segurança para o cliente é uma das habilidades primordiais para um bom vendedor de projetos de marcenaria. “É importante realizar a leitura de quem está sendo atendido, visando entender as possibilidades de serviços e também afirmando a confiança entre as partes”, destaca.

Por isso, deve ser criado uma relação de confiança. “Essa relação de confiança que nós criamos com o cliente e com o mercado ela é a união de três esferas”, destaca Flávia – veja quais são as três esferas na reportagem na Móbile Sob Medida, edição 104.

O cuidado com a imagem também é importante, visto que profissionais da área sofrem com a queda em estereótipos/clichês. “Eles precisam tomar cuidado com a impressão que eles causam, porque na marcenaria vem muito cliente por indicação. E o que eu ouço de indicação do tipo ‘esse marceneiro é bom, mas ele é enrolado’ ou então ‘nossa ele trabalha direitinho, mas para entregar é um parto’. Então é com esse tipo de coisa que é necessário ter atenção”, aponta a consultora.

–  Como aplicar corretamente a técnica de friso nos móveis

É importante também ter uma boa qualidade de fundamentação de ideias. “Os marceneiros perdem para lojas de móveis planejados muitas vezes por conta do projeto. Eles não executam o projeto, muitos não tem essa habilidade. Eles são excelentes artesãos, executam muito bem, desenvolvem muito bem o produto, mas não têm essa capacidade técnica do projeto”, menciona Flávia.

E o projeto envolve tanto o produto criado pela marcenaria quanto a orientação para o desenvolvimento da obra. “Muitas vezes, principalmente na cozinha, é preciso orientar o cliente final, que não tem um arquiteto acompanhando, o que ele precisa nas questões hidráulica, elétrica, de gás. Onde precisa estar esse posicionamento de pontos porque o cliente não sabe. Então muitas vezes os marceneiros acabam perdendo para os fabricantes de móveis planejados em função disso”, completa Flávia.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile