Xylexpo: Prêmio de inovação inclui comunicação e produtos

Durante coletiva de imprensa, organizadores da Xylexpo abriram espaço para as empresas confirmadas falarem sobre seus planos

Publicado em 20 de março de 2014 | 14:25 |Por: Renata Bossle

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Acimall, organizadora da Xylexpo, realizou um evento para promover a feira bienal com a presença de diversos expositores. Entre as principais novidades estão o Xie-Xylexpo Information Event, responsável justamente por dar maior participação das empresas nas ações de divulgação da feira, e o Xia-Xylexpo Innovation Awards, prêmio de inovação que será entregue pela primeira vez.

Divulgação Xylexpo

Organizadores apresentaram novidades para a imprensa

Organizadores apresentaram novidades para a imprensa

A Xylexpo acontece de 13 a 17 de maio no Fiera Milano-Rho, em Milão (Itália). Um dos destaques dessa edição é o retorno de algumas das mais importantes indústrias de maquinário europeias, que participaram pela última vez em 2008. O presidente da Acimall, Lorenzo Primultini, destaca a volta de duas empresas do grupo SCM – Cms Group-Balestrini e Superfici-Elmag –, Biesse, Cefla e Casadei-Busellato.

“Representamos uma indústria que foi muito afetada pela crise econômica, um segmento que precisa fortalecer sua capacidade exportadora”, afirma e continua: “Estou confiante de que esse é um grande passo para uma reunificação completa, encorajando-nos a dizer que, em 2016, toda a indústria italiana de maquinário estará de volta a seu evento favorito”.

Leia mais sobre a Xylexpo:
Grupo SCM anuncia retorno à feira de tecnologia moveleira
Edição de 2014 tenta enfrentar a crise no setor tecnológico
Feira é beneficiada por adiamento da concorrente Technodomus

Embora não esconda o prestígio das novas expositoras, Primultini admite que haverão muitas outras companhias nos salões da feira. “As boas notícias não podem tirar a atenção daqueles que acreditam na Xylexpo há quase 50 anos, investindo no evento mesmo durante tempos difíceis”, reconhece.

Assim, ele aproveitou para agradecer a presença dos 14 expositores presentes no evento: Salvador, Incomac, Homag, Fravol-Uniteam, Wittenstein, Ormamacchine, Cefla, Greda, Biesse, Imal-Pal, Giardina Finishing, Finiture, Wde Maspell e Vitap.

Prêmio de Inovação

Ainda durante o evento, Primultini foi o responsável pelo anúncio do Xia-Xylexpo Innovation Awards. “Esse prêmio de inovação não é somente para produtos – com foco na ‘economia verde’ e em sistemas de redução de consumo – mas também nos negócios”, relata.

De acordo com ele, a crise incentivou a inovação com uma nova perspectiva, incluindo comunicação, relações com a mídia e com os consumidores, novas campanhas de publicidade e o crescimento da participação em redes sociais: “As empresas estão comprometidas em comunicar não apenas seus produtos e preços, mas uma variedade de valores, dando atenção diferenciada para o mercado. E a mídia será o juri”.

Assim, os membros da mídia serão convidados a dar notas e indicar quais empresas entre os expositores da Xylexpo são consideradas como as mais inovadoras em produtos e em capacidade de comunicação. Depois, no dia 14 de maio, haverá em um jantar onde serão anunciados os três vencedores em cada categoria.

Os números da edição

Segundo o diretor da Acimall, Dario Corbetta, a indústria italiana de maquinário moveleiro é formada por 270 empresas – desse número, 181 são membros da Acimall. Além disso, o setor movimentou 1,4 bilhão de Euros em 2013, emprega atualmente 9 mil pessoas e é responsável por 15% da produção global, com uma taxa de exportação acima de 80%.

Divulgação Xylexpo

Apresentação incluiu os resultados do segmento durante 2013

Apresentação incluiu os resultados do segmento durante 2013

Os principais clientes dessa indústria vem de países como Alemanha, Estados Unidos, França, Rússia e China. Por mais que movimente 1,1 bilhão de Euros com exportações, a Itália ainda perde para a Alemanha (1,77 bilhão) e está ameaçada pela China, que ocupa a terceira posição com 705 milhões de Euros.

Corbetta também apresentou os números da próxima Xylexpo, onde são esperados 450 expositores em uma área de 30 mil m². “Até o momento, temos mais de 360 confirmações e 24 mil m² ocupados, mas ainda restam 50 dias em nossa agenda e as pequenas e médias empresas costumam esperar até o último minuto para finalizar a negociação”, observa.

O diretor também mencionou as características particulares da edição. De acordo com ele, devido à crise, muitos expositores reduziram o espaço de seus estandes. “Podemos dizer que todos virão para Milão, por mais que seja com uma área um pouco menor, confirmando o papel da Xylexpo como uma importante feira para a indústria de móveis, tanto em empresas altamente automatizadas quanto em pequenas marcenarias”, garante.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile