Tecnologia e digitalização dos processos são temas da Ligna 2017

Feira, realizada entre os dias 22 e 26 de maio, em Hannover, na Alemanha, apresentará soluções tecnológicas para aprimorar o trabalho com a madeira

Publicado em 19 de maio de 2017 | 18:00 |Por: Paulinne Giffhorn

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Uma das principais feiras de maquinários, plantas e ferramentas para a marcenaria e processamento de madeira, a Ligna 2017, inicia na próxima semana, entre os dias 22 e 26 de maio, em Hannover, na Alemanha. Nessa edição, 1,5 mil expositores de 49 países vão apresentar suas inovações durante os quatro dias de evento.

Divulgação Ligna

Ligna 2017 - Digitalização

As principais soluções para a indústria madeireira serão apresentadas durante a feira

“Dado o atual clima dos negócios na indústria madeireira, a crescente onda da digitalização e nosso layout reformulado, estamos ansiosos para uma Ligna bem sucedida neste ano”, comenta o membro da gerência da Deustche Messe responsável pela feira, Andreas Gruchow.

Novo layout da Ligna

“A feira registrou o primeiro crescimento significante em espaços reservados há anos, e nós já ultrapassamos os números finais da nossa edição de 2015”, complementa.

A Ligna 2017 ocupará 128 mil metros quadrados de exposições e vai mostrar produtos e soluções nas categorias de Ferramentas e Maquinários para Produção em Massa, Tecnologia de Superfície, Produção de Painéis com base de Madeira, Tecnologia para Serraria, Energia da Madeira, Componentes de Maquinário e Tecnologia de Automação e Tecnologia Agroflorestal – todas agrupadas em um novo layout, centrado em tecnologia.

Divulgação Ligna

Ligna 2017 - Digitalização

1,5 mil expositores de 49 países vão apresentar suas inovações durante os quatro dias de evento

“Os visitantes podem esperar uma abundância de inovações e um line up de máquinas único e sofisticado – em planta e equipamento, incluindo também demonstrações ao vivo. A feira também contará com um programa de apoio, com conferências e fóruns, nos quais serão apresentadas e debatidas tendências do setor”, acrescenta o diretor internacional da Deustche Messe, Christian Pfeiffer.

Os organizadores da Ligna, a Deutsche Messe e a German Woodworking Machinery Manufacturers’ Association, devem esse clima otimista ao dinamismo do panorama tecnológico, como ficou expresso no novo layout do evento, a ascensão vivenciada pela indústria madeireira em várias partes do mundo e a onda de crescimento da digitalização. A manufatura integrada e a digitalização estão transformando as máquinas, os sistemas e ferramentas utilizados na marcenaria e nos processamentos de madeira.

A Indústria 4.0, a internet das coisas, a Fábrica Inteligente: esses são os temas essenciais da Ligna 2017. São os nomes e os rostos da nova geração de tecnologias que vão empoderar usuários de todos os tipos para alcançar uma maior eficiência e produtividade, além de torná-los mais competitivos.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook