Tecnologia antimicrobiana garante maior segurança para consumidores

Fabricantes de tintas, painéis de madeira e revestimentos oferecem produtos com essa característica

Publicado em 23 de agosto de 2017 | 14:34 |Por: Érica da Costa Diniz

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

As empresas de revestimentos para o setor moveleiro como fabricantes de tintas e vernizes, painéis de madeira e revestimentos sintéticos investem em produtos para móveis que conta com tecnologia antimicrobiana para oferecer maior segurança, higiene e conforto para os consumidores. Os itens com essa característica podem ser usados principalmente em ambientes que exigem um alto grau de limpeza devido aos riscos de contaminação que o ambiente e as pessoas estão expostas como: hospitais, consultórios, cozinhas, banheiros, escolas infantis, redes hoteleiras e embarcações.

O uso de produtos com tecnologia antimicrobiana é importante para evitar a proliferação de fungos causadores de bolor. Além de prejudicar esteticamente, também representam risco para a saúde como o fungo Aspergillus, que pode causar alergia que afeta os pulmões e provoca micoses leves e até sistêmicas. Os revestimentos também tornam a limpeza mais fácil, trazendo maior tranquilidade para os moradores.

A nanotecnologia é o tipo de tecnologia antimicrobiana mais utilizada. A nanopartícula de prata inibe o crescimento de cerca de 99% dos germes que entrariam em contato com os móveis em nosso dia a dia. Sua ação é comprovada através de testes biológicos realizados em laboratórios credenciados que seguem norma internacional. Confira abaixo as tecnologias antimicrobianas utilizadas por algumas empresas fornecedores de produtos para o setor moveleiro.

Sayerlack
Entre as tintas com propriedades antimicrobianas oferecidas no mercado, a Sayerlack, especialista em tintas e vernizes, tem ambos os produtos com a tecnologia Silver Defence (nanotecnologia), que pode ser usada em todas as linhas de produto da marca, base solvente, base água e UV. De acordo com a responsável pelo departamento de marketing, Sibélia Vito Morena, o produto é indicado para móveis e superfícies no qual a probabilidade de contaminação por microorganismos pode ser maior, como móveis de cozinha, lavabo, banheiros, inclusive para mobiliários de clínicas e consultórios.

Divulgação Sayerlack

Sayerlack

Sayerlack usa a tecnologia Silver Defence

“Para o setor moveleiro e de marcenaria, o diferencial está em agregar ao acabamento dos móveis um diferencial de alto padrão, especialmente em projetos que precisam atender altos níveis de exigência de higiene. Uma vez  incorporadas nas tintas e vernizes da Sayerlack, as nanoparticulas permanecem ativas durante toda a vida útil do acabamento dos móveis e demais objetos”, detalha Sibélia.

As nanopartículas de prata podem ser utilizadas em qualquer superfície, pois não representam nenhum perigo para a saúde humana. A tecnologia também pode ser incorporada em utensílios domésticos como: tábuas de frios e saladeiras.

“As principais vantagens do produto são a alta eficiência microbiológica (prata é um dos agentes antimicrobianos conhecidos de maior eficácia), a necessidade de utilizar pequenas quantidades de aditivo (vantagem da nanotecnologia) e a alta estabilidade química (duração do efeito antimicrobiano por mais tempo)”, pontua Sibélia.

Duratex
Os painéis MaDeFibra BP contam com a tecnologia antimicrobiana Protekto, que garante maior proteção para o consumidor. Os painéis são perfeitos para ambientes em que limpeza e higiene são essenciais, como quartos infantis, hospitais e cozinhas. No entanto, a equipe técnica da Duratex ressalta que o Protekto não elimina a necessidade de limpeza.

Iner redefine forma de atuação no mercado de colchões

O composto é aplicado nos produtos que possuem revestimento melamínicos, ou seja, nos painéis de madeira com revestimento BP e nos pisos laminados Durafloor. Por não possuir cheiro ou outro fator de limitação, o antimicrobiano não tem restrição de uso.

MDF de Eucalipto da Duratex“O Protekto é adicionado à resina melamínica que durante o processo produtivo dos painéis, na etapa de impregnação, é incorporada ao papel decorativo com o desenho do padrão. Dessa forma, a proteção antibacteriana passa a fazer parte do produto, não sai com a limpeza e mantém sua eficiência por toda a vida útil do painel”, explica a equipe técnica da Duratex.

A equipe detalha que o teste de eficácia do Protekto é feito por meio de uma avaliação comparativa no qual são usadas duas amostras de produtos em um mesmo ambiente, deixando-as estabilizar por no mínimo cinco dias, sendo que uma delas possui o tratamento e a outra amostra não. Com estes testes a equipe técnica constatou que os produtos com o Protekto possuem uma baixa contagem de microorganismos (por volta de 90% a menos) quando comparados com os que não contam com a proteção.

Microban relança marca institucional

A Duratex ressalta que a segurança e o bem estar da família são os maiores diferenciais do antimicrobiano. “Ele não deixa que microorganismos se instalem nos produtos, mantendo-os sempre novos e limpos, com benefício duradouro, pois tem ação contínua por toda vida dos produtos, além de facilidade na limpeza e aparência de novo por muito mais tempo. A vida útil dos produtos que utilizam Protekto tem a garantia Duratex, sendo o grande diferencial em durabilidade, pois a tecnologia é garantida durante todo o tempo de vida útil do material”, salienta.

Guararapes
Outra fabricante de painéis em MDF que oferece o item com tecnologia antimicrobiana é a Guararapes, com a tecnologia NanoxClean. As linhas da Guararapes que recebem o composto de proteção antimicrobiana natural e específica contra germes, bactérias e outros microorganismos são: Metalic, Confort e a Dual Touch. A ação do NanoxClean torna as superfícies dos painéis mais seguras e higiênicas.

Por não apresentar toxicidade o NanoxClean pode ser adicionado em qualquer painel da fabricante. Além disso, a Guararapes tem o compromisso ambiental como um dos pilares da empresa, além das exigências sanitárias, a fabricante também segue padrões ambientais para não impactar o meio ambiente.

Cipatex
A fabricante de revestimentos, Cipatex, atua em diversos setores como plástico, químico e não tecidos. A empresa oferece para seus clientes a tecnologia Microban, que traz para o setor moveleiro as linhas Corano® Garden, Facto® Náutico, Facto® Med da Cipatex®. O gerente de marketing da Cipatex, Silvio Martins, destaca que os revestimentos podem ser utilizados em cadeiras, pufes, sofás, espreguiçadeiras, cabeceiras de cama, estofados de embarcações, colchões e travesseiros hospitalares, entre outros.

Rehau destaca superfícies da linha Rauvisio

“Os produtos que contam com a proteção apresentam benefícios diferenciados e maior valor agregado. A tecnologia é eficaz contra bactérias e fungos causadores de manchas, odores desagradáveis e deterioração. A proteção permite que o revestimento Corano Garden®, por exemplo, seja usado em ambientes externos, como varandas, sacadas e arredores de piscinas. Também possibilita maior facilidade de limpeza e higienização através da inibição da formação de manchas perenes e de biofilmes”, destaca Martins.

Divulgação Cipatex

Revestimento antimicrobiano -Cipatex - Poltrona revestimento Corano Garden

Revestimento antimicrobiano para ambiente aberto

Ele ressalta ainda que nos produtos do Facto® Med, destinado à ambientes hospitalares, a aplicação do aditivo diminui os riscos de contaminação cruzada entre pacientes. Para o estofamento de uma embarcação, por exemplo, a Cipatex oferece o Facto® Náutic, linha desenvolvida especialmente para esse segmento.

“Devido à constante exposição aos raios UV, à umidade, à maresia e as mais diversas condições climáticas que passa uma embarcação, o material utilizado no Facto® Náutic necessita de maior resistência, impermeabilidade e proteção antibacteriana, para evitar a proliferação de bactérias e bolor”, pontua o gerente de marketing.

Ele explica que a tecnologia antimicrobiana é incorporado durante a fabricação do revestimento, adequando à quantidade conforme a utilização final. No caso do Facto® Med, por exemplo, é exigida maior proteção em relação aos demais produtos para atender os requisitos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para Martins, a tecnologia Microban é benéfica tanto para o consumidor quanto para o item em que o revestimento é aplicado. “Aumenta a durabilidade do produto; proporciona o controle de odores; protege contra o bolor, potencial causador de alergias e problemas respiratórios; inibe a formação de incrustações e de manchas perenes de difícil remoção; apresenta aparência de novo por muito mais tempo; mais higiênico; facilidade de manutenção e limpeza”, salienta o profissional.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook