Star Plast adapta parque fabril à NR-12

Norma Regulamentadora entrou em vigor em 2010 e ainda divide opiniões entre empresários

Publicado em 6 de outubro de 2015 | 9:21 |Por: Luciana Prieto, equipe de Conteúdo

 

Divulgação Star Plast

Star Plast NR 12

Maquinário da Star Plast foi adaptado às exigências da Norma

Star Plast, fabricante de puxadores e peças técnicas, adequou totalmente seu parque fabril às exigências da NR-12 no último mês. A Norma Regulamentadora 12 estabelece medidas preventivas de segurança e higiene do trabalho a serem adotadas pelas empresas em relação à instalação, operação e manutenção de seus itens, visando à prevenção de acidentes de trabalho.

A norma entrou em vigor em dezembro de 2010, com diversos prazos de vigência, para máquinas usadas e novas, que variavam de 4 a 30 meses. Mais de dois anos após o vencimento destes prazos, o número de empresas que estão de acordo com o regulamento ainda é pequeno. Representantes do setor moveleiro afirmam que as exigências estabelecidas são maiores que as regras utilizadas na Europa, a maior produtora de maquinário para móveis. Por essa razão, o custo dos equipamentos enviados ao Brasil fica consideravelmente maior,  por conta dos inúmeros itens e sistemas de segurança que devem ser adicionados.

Leia mais:
– Portaria altera Norma Regulamentadora 12 (NR-12)
– Daniel Lutz fala sobre a NR 12
– Móbile Fornecedores: Indústria 4.0

Para sair na frente de outras empresas do ramo e preocupada com o bem-estar e com a segurança de seus funcionários, a Star Plast iniciou um projeto de adequação à norma há alguns anos. “Iniciamos este projeto com acompanhamento de um engenheiro de segurança contratado e destinamos consideráveis investimentos para termos hoje uma fábrica totalmente adequada a esta norma. Ou seja, nesse quesito estamos à frente de boa parte das fábricas moveleiras e fornecedoras para indústria”, garante o gerente comercial da empresa, Claudemir Dantas.

Divulgação Star Plast

Star Plast NR 12

Adequação à Norma é tema polêmico no setor

Segundo o diretor da Star Plast, Wanderley Vaz de Lima, o maior desafio estava em manter a produtividade de execução do trabalho, produtos e serviços enquanto o maquinário já existente recebia a implantação de novas estruturas. Além disso, ressalta que, independente normalização e da fiscalização do MTE – Ministério do Trabalho e Emprego, é importante que as empresas disponibilizem sempre acompanhamento e treinamento aos funcionários.

“É tempo realmente de inovar, mas não só em produtos, lançamentos, relacionamento comercial e visão de mercado. Temos que cuidar dos nossos e cultivar um ambiente seguro”, afirma o diretor.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile