MOVERGS promove curso sobre Sistema SISCOSERV

Publicado em 11 de agosto de 2016 | 15:32 |Por: Cleide de Paula

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

banner-1398363_1920

 

Visando fomentar o desenvolvimento da cadeia de madeira e móveis, a Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul – MOVERGS realizará, no dia 25 de agosto, às 13h30, no Auditório C, da CIC, em Bento Gonçalves, o curso “SISCOSERV – Entendendo a Ferramenta e Fortalecendo Relações”.

O objetivo do evento é apresentar as funcionalidades do Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços – SISCOSERV, criado pelo Governo Federal e gerenciado pela Secretaria de Comércio e Serviços, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e pela Receita Federal do Brasil.

Durante o curso, serão passadas informações relativas às transações que compreendem serviços intangíveis e outras operações que produzam variações no patrimônio. Também serão abordados conteúdos como as diferenças entre o SISCOMEX e o SISCOSERV; premissas básicas, estrutura e acesso ao Sistema; NBS e NEBS; operacionalização do Módulo de Venda (RVS), operacionalização do Módulo de Aquisição (RAS), legislação, entre outros temas.

Desde agosto de 2012, as empresas que prestam ou contratam serviço do exterior estão obrigadas a declarar suas operações no SISCOSERV.

O evento – que tem apoio da CIC e do Sindmóveis – será ministrado pela educadora da Universidade Corporativa Banco do Brasil, Roberta Kloeckner. Mais informações ou inscrições podem ser feitas no site www.movergs.com.br, e-mail: atendimento@movergs.com.br ou pelo telefone (54) 2102.2450.

Leia mais:

Congresso Nacional Moveleiro: Senai estimula competitividade do móvel paranaense

Congresso Nacional Moveleiro: Fiep realiza encontro de negócios

Mais informações

Com mais de 29 anos de atuação, a MOVERGS representa as indústrias moveleiras no Estado do Rio Grande do Sul, e tem como lema “unir para fortalecer, renovar para crescer”. Em 2015, somente em Bento Gonçalves, o setor moveleiro faturou R$ 2,2 bilhões entre 300 empresas do segmento. Dentro da indústria de transformação, a área moveleira é a que mais emprega. É, portanto, de significativa contribuição para o desenvolvimento econômico e social da cidade que é um dos principais polos do segmento no Brasil.

O Rio Grande do Sul tem, atualmente, 2.750 empresas moveleiras, que respondem por 18,4% do total de móveis fabricados no Brasil. Essa participação confere ao Estado posição de liderança como maior produtor do país. No ano passado, as indústrias de móveis faturaram R$ 6,73 bilhões e exportaram mais de U$ 183 milhões. Também foram responsáveis pela geração de mais de 39 mil empregos. Tais indicadores demonstram o quão representativo é o segmento no contexto da economia gaúcha, tanto pela geração de renda e tributos, quanto de postos de trabalho. (com informações da Assessoria de Imprensa)


Os comentários estão desativados.

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook