Sicam: tendências e novas soluções para o ano de 2017

Evento passou a priorizar os aspectos logísticos para aumentar a participação das empresas

Publicado em 26 de Março de 2017 | 15:00 |Por: Paulinne Giffhorn

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Sicam, realizada em outubro de 2016, em Pordenone, na Itália, apresentou as perspectivas da indústria moveleira para o ano de 2017. É durante o evento que empresas voltam suas atenções para seus produtos e relacionamentos, criando tendências e novas soluções funcionais que serão encontradas em todo o mundo.

Na ocasião, estavam presentes 7,3 mil empresas de 101 países, com um percentual de mais de 36% de visitantes estrangeiros. “A Sicam tem um papel muito claro e importante dentro do mercado internacional de acessórios e componentes”, afirma o organizador do evento, Carlo Giobbi.

Próxima edição já está com data marcada e será realizada em outubro desse ano

Para aumentar a participação das empresas, a organização do evento prioriza os aspectos logísticos. A distribuição uniforme dos fluxos de visita, por exemplo, contribuiu para que o tempo de acesso aos estandes fosse reduzido. O uso do pré-registro online também auxiliou para a construção de uma exposição mais coerente, fazendo com que os visitantes pudessem organizar seus dias na feira.

Segundo Giobbi, os expositores também modificaram a forma de se apresentar durante a exposição. “Se preparar bem para a Sicam se tornou uma estratégia, pois a possibilidade de encontrar quem projeta e programa a inovação no setor moveleiro é cada vez mais evidente”, comenta. Atualmente, 37% dos visitantes são proprietários de empresas e diretores gerais.

Próxima edição
A Sicam 2017 já está com data marcada, sendo realizada entre os dias 9 e 13 de outubro, em Pordenone, na Itália. Cerca de 560 expositores já confirmaram presença na próxima edição da feira, que está buscando novas iniciativas para atualizar seu funcionamento e parcerias com revistas estrangeiras do setor moveleiro.

Número de participantes ultrapassa expectativas

“Nosso objetivo é desenvolver a cada ano novos mercados e fortalecer aqueles que já conhecemos. Essa é a nossa forma de fazer a feira crescer de acordo com as expectativas das empresas”, complementa Giobbi.

(com informações de assessoria)


Os comentários estão desativados.

eMobile