Sicam 2015 focará em mercados emergentes

Feira italiana de componentes e assessórios para a indústria moveleira deve acontecer entre os dias 13 e 16 de outubro do próximo ano

Publicado em 11 de novembro de 2014 | 15:05 |Por: Renata Bossle

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Divulgação Sicam

Alto grau de qualificação dos visitantes é um dos atrativos da Sicam para atrair expositores

Alto grau de qualificação dos visitantes é um dos atrativos da Sicam para atrair expositores

Menos de um mês após a realização da edição de 2014, a atenção dos organizadores da Sicam já está voltada para a feira de 2015. O evento já está confirmado para acontecer em Pordenone, de 13 a 16 de outubro de 2015. Além disso, a feira será promovida em 20 eventos internacionais, incluindo passagens por Brasil, Irã, Índia, México, Alemanha e Indonésia.

Segundo nota oficial publicada pela organização, é esperado um aumento na participação de países emergentes, assim como de países que, tradicionalmente, são referência em relações de negócios com muitos expositores, como é o caso da Alemanha.

Leia mais
Projeto Orchestra Brasil marca presença na Sicam
Congresso Moveleiro: Lições da Itália para a competitividade
Imm Cologne e LivingKitchen querem visitação qualificada

Na edição mais recente, os seis mil visitantes vieram de 95 países, com a Alemanha ocupando a primeira posição entre as participações internacionais. Contudo, há mercados com boas perspectivas, com destaque para a Rússia, que chegou a 7% do total da visitação – Polônia Sérvia e Ucrânia também registraram bons números. Além disso, 23% dos visitantes vieram de países asiáticos.

Divulgação Sicam

Visitantes durante a edição de 2014 da Sicam

Visitantes durante a edição de 2014 da Sicam

Para o organizador do evento, Carlo Giobbi, um dos pontos mais fortes da Sicam são as inovações apresentadas na feira, já que componentes e acessórios mudam em um ritmo muito forte. “Todo o setor moveleiro mundial se beneficia disso, em particular as linhas de produtos futuras. Cada país, assim como suas indústrias, pode encontrar ideias e soluções que permitem que seu surgimento no cenário internacional levante prerrogativas de seu mercado de origem”, analisa.

Outro ponto de destaque, segundo Giobbi, é o papel da Sicam como incubadora de ideias para o desenvolvimento de produtos, projetos e soluções para a indústria moveleira. “Diversos expositores mencionaram como é natural sentar em uma mesa com os clientes durante a feira e discutir novas soluções”, relata e completa: “Ao trabalhar como um time, fornecedores e indústria podem promover o desenvolvimento de novos negócios”.

(com informações da assessoria de imprensa)

Confira informações sobre a Sicam a partir de 2018 na nova seção Feira e Eventos


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile