Schattdecor foca em produção eficiente e sustentável

Fornecedora de papéis decorativos tem feito da proteção dos recursos naturais uma das metas centrais de suas atividades industriais

Publicado em 22 de dezembro de 2016 | 10:00 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Schattdecor, empresa alemã familiar com atuação mundial no setor de impressão de papéis decorativos, desde sua fundação em 1985 tem feito da proteção dos recursos naturais uma das metas centrais de suas atividades industriais. Nesse contexto, uma das premissas da empresa é a geração de produtos sustentáveis que envolve não somente a qualidade das matérias primas, mas sim todo o processo pelo qual estes são adquiridos e desenvolvidos.

Divulgação Schattdecor

Schattdecor

Assim como as tintas, os papéis também possuem pigmentação baseada em elementos orgânicos e não possui metais pesados em sua composição, não sendo nocivo nem ao meio ambiente e nem aos seres humanos

A começar pelos papéis utilizados para a impressão dos décors produzidos pela Schattdecor, são provenientes de madeiras de reflorestamento com gestão sustentável, ou seja, possuem certificação FSC (Forest Stewardship Council), Conselho de Manejo Florestal que garante que a procedência da madeira utilizada na produção dos papéis seja oriunda de manejos sustentáveis e controlados.

Outra matéria prima que recebe esse mesmo cuidado são as tintas. Segundo a responsável pelo marketing da Schattdecor, Ana Cláudia Marques, o insumo é formulado em sistema a base de água e com a utilização de pigmentos que não contenham em sua composição metais pesados, extremamente nocivos aos seres vivos e consequentemente ao meio-ambiente.

Divulgação Schattdecor

Schattdecor

Área de lavagem dos tachos utilizados na produção: “Toda a água que escoa é canalizada e direcionada à estação de tratamento para depois voltar à natureza”, assinala Ana Cláudia

Já os vernizes utilizados para o acabamento da linha de “finish foils”, seguem política ambiental similar às tintas, ou seja, também são à base de água. “É importante mencionar que, o fato da Schattdecor utilizar produtos ecologicamente amigáveis, visa também o bem estar do ambiente laboral, pois estes não geram qualquer risco ocupacional”, assinala Ana Cláudia.

Em busca de processos produtivos mais eficientes, a empresa tem se voltado à economia energética. Um exemplo é a recuperação do ar quente de exaustão, usado para a secagem das tintas, para a impressão do papel decorativo. No processo de impressão por rotogravura, explica a responsável pelo marketing, a secagem ocorre dentro de secadores nos quais é insuflado ar aquecido, em temperatura controlada, no qual se utiliza a queima direta de gás natural.

Leia mais
Do escritório a uma grande fábrica
Tendências apresentadas na Sicam
Ações sustentáveis da Amazonas

Divulgação Schattdecor

Schattdecor

As análises quanto à qualidade da água tratada são feitas no laboratório com bastante cautela para garantir que as características dessa mesma se aproximem ao máximo da água encontrada na natureza

Já o ar excedente (ar de exaustão) é canalizado por dutos até um trocador de calor, o qual mistura automaticamente o ar ambiente (necessário para uma boa combustão) com o ar de exaustão (pré-aquecido). “Desta maneira para atingirem-se as temperaturas necessárias ao processo há um menor consumo de gás natural, em consequência um menor uso energético e paralelamente menor emissão de CO2 na atmosfera, o qual é gerado normalmente pela queima do gás natural”, considera Ana Cláudia.

Outra situação dentro da técnica de impressão é o ajuste de cor do papel decorativo. Este processo gera uma quantidade de papel impróprio para a venda que, em resumo, é um rejeito inerente ao processo. “Este rejeito é reutilizado em produções subsequentes, evitando assim o uso de papel virgem no ajuste de cor e parâmetros de máquina. No final, esse papel gera energia em outras cadeias produtivas, além de ser destinado para embalagens e também para o uso em projetos sociais”, diz a responsável pelo marketing.

Divulgação Schattdecor

Schattdecor

Após tratada, a água é utilizada para irrigação da parte externa da Schattdecor e reabastecimento do lago em frente ao prédio administrativo

Além destas ações, Ana aponta que as fábricas da Schattdecor sempre levam em consideração a possibilidade do máximo aproveitamento da luz natural na área fabril, diminuído automaticamente o consumo de energia elétrica. Ademais, aos poucos a empresa está substituindo, sempre que possível, os antigos sistemas de iluminação pela nova tecnologia de LED.

“De forma geral, com utilização de nossos padrões impressos, sejam eles reproduções de madeiras ou pedras, apoiamos a proteção dos recursos naturais. Assim, preservando o corte indiscriminado da madeira natural, sobretudo das espécies tropicais mais particularmente ameaçadas e, portanto merecedoras de maior atenção. A Schattdecor entende que somente por meio de ações sustentáveis poderá garantir um futuro melhor e promissor para todos”, declara Ana Cláudia.


Os comentários estão desativados.

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook