Produção industrial moveleira avança 0,9% em outubro

Setor cresceu acima da média da indústria global, mas também atingiu a menor taxa acumulada no ano até agora

Publicado em 4 de dezembro de 2018 | 15:38 |Por: Luis Antônio Hangai

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Em outubro de 2018, a produção industrial moveleira avançou 0,9% frente a setembro, conforme os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O segmento de móveis se manteve acima da média geral da indústria, cuja expansão foi de 0,2%, e volta a registrar um resultado positivo após três meses consecutivos de queda em que se acumularam em saldo negativo de -14,8%.

A alta da indústria geral na passagem de setembro para outubro de 2018 mostrou taxas positivas em duas das quatro grandes categorias econômicas e em 17 dos 26 ramos pesquisados. Entre as atividades, as influências positivas mais relevantes foram: indústrias extrativas (3,1%), máquinas e equipamentos (8,8%), veículos automotores, reboques e carrocerias (3,0%) e bebidas (8,6%).

Abimóvel elege diretoria executiva par ao próximo triênio

Entre as grandes categorias econômicas, ainda em relação a setembro, a de bens de consumo duráveis (4,4%) mostrou o maior avanço em outubro de 2018, influenciada, em grande parte, pela maior produção de automóveis.

Entretanto, no comparativo de outubro de 2018 com o mesmo mês do ano anterior, a produção industrial moveleira registrou queda de 3,5%. O setor foi uma das principais influências negativas no resultado da indústria global (que avançou 1,1%), juntamente com eletrodomésticos da “linha marrom” (-5,7%) e outros eletrodomésticos (-0,4%).

Com estes resultados, a produção industrial moveleira acumula alta de 1% de janeiro a outubro de 2018 em comparação com o mesmo período do ano passado. Embora a taxa seja positiva, ela é também a menor do ano até agora (veja a trajetória do setor na tabela abaixo).

No índice acumulado no ano, frente a igual período do ano anterior, o setor industrial como um todo mostrou expansão de 1,8%, com resultados positivos em três das quatro grandes categorias econômicas, 19 dos 26 ramos, 45 dos 79 grupos e 52,2% dos 805 produtos pesquisados.

No acumulado dos últimos 12 meses, a produção do setor moveleiro chega a uma expansão de 2,5%, estabelecendo-se acima da indústria geral (2,3%). Contudo, esta é a menor taxa desde que o segmento iniciou a trajetória descendente em maio (8,7%) deste ano.


Os comentários estão desativados.

eMobile