Prêmios de inovação têm inscrições abertas

Prêmios para participantes de todo Brasil oferecem incentivos para pesquisa, missões internacionais, cursos e bolsas de estudo

Publicado em 30 de novembro de 2014 | 16:00 |Por: Jorge Mariano

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Gilmar Félix

cni1

O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, durante o Prêmio Nacional de Inovação 2013

Com premiação de R$ 900 mil, missão técnica internacional e cursos de educação executiva, empresas de todo o País podem se inscrever no Prêmio Nacional de Inovação Edição 2014/2015 até o dia 12 de dezembro. Micro, pequenas, médias e grandes empresas podem participar.

A iniciativa é uma junção da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Movimento Brasil Competitivo (MBC). São quatro categorias: Gestão da Inovação, Inovação Tecnológica, Inovação em Modelo de Negócio e Agente Local de Inovação. Todas as inscrições devem ser realizadas pela internet, na página do prêmio.

Leia mais:
Proamb divulga cursos para 2015
Convênio entre Abimóvel e Apex-Brasil
Acimall divulga mais dados sobre 2014

Cada categoria é dividida em três modalidades, de acordo com o faturamento anual bruto da empresa. Até R$ 3,6 milhões; de R$ 3,6 milhões a R$ 16 milhões e acima de R$ 16 milhões. A premiação será realizada no dia 13 de maio de 2015, em São Paulo.

Desde 2011, o Prêmio Nacional de Inovação homenageia as empresas que investem na inovação de produtos, processos e gestão. O número de participantes vem surpreendendo a cada edição: em 2011 foram feitas 427 inscrições, enquanto em 2012 foram 981 e em 2013, 2022 inscrições.

Conheça vencedores de edições anteriores e leia o regulamento completo no site do Prêmio Nacional de Inovação.

Inova Talentos

Até o dia 5 de dezembro o programa Inova Talentos recebes inscrições para a terceira fase do projeto. Promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a iniciativa recebe projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação de empresas e instituições privadas de pesquisa.

A ideia é estimular a competitividade da indústria brasileira por meio do desenvolvimento de projetos inovadores e diversificados. As duas primeiras fases receberam 489 inscrições de todo o Brasil dos quais 421 foram aprovados e 359 serão executados. Além disso, foram abertas 511 vagas com bolsas de incentivo para que os participantes continuem seus trabalhos.

Para participar, as empresas apresentam projeto de inovação que contemple a participação relevante de jovens profissionais. Em cada um, podem ser solicitados até três bolsistas. Se aprovado, as vagas são abertas e publicadas para consulta e aplicação dos candidatos no portal do programa. O selecionado terá 12 meses para desenvolver o projeto e receberá bolsa mensal entre R$ 1,5 mil (graduação) e R$ 3 mil (mestrado), além de orientação profissional. Em contrapartida, a empresa investe R$ 20 mil por bolsista.

Consulte mais informações no site do Inova Talentos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile