Perfil Executivo: Euclides Rizzi, da Lidear Máquinas

O diretor-comercial da Lidear Máquinas, Euclides Rizzi, fala, em entrevista a Revista Móbile Fornecedores 259, de seu perfil como gestor

Publicado em 7 de abril de 2014 | 17:07 |Por: Carlos Eduardo Souza

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Um dos fundadores da Lidear Máquinas, o diretor-comercial da empresa, Euclides Rizzi, fala de seu perfil como gestor, da sua rotina de trabalho e do aprendizado que é estar na diretoria de uma das mais importantes fornecedoras de máquinas para a indústria moveleira. Formado em Economia, Rizzi atuou em outras empresas antes de ser empreendedor do setor moveleiro, trajetória avaliada com naturalidade pelo executivo. “Oportunidade é uma consequência da forma com que aproveitamos as experiências que temos”, diz.

Leia mais:
Zow 2014: Leia a cobertura da feira na RG Móvel
Logística reversa: Plano de ação é apresentado no Paraná
Madeira alternativa viabiliza mobiliário sustentável

 

Arquivo pessoal

Euclides com o irmão e sócio, Lívio Rizzi: parceiros também na música e no futebol

Euclides com o irmão e sócio, Lívio Rizzi: parceiros também na música e no futebol

Móbile Fornecedores | Qual a sua formação e como se deu sua trajetória profissional?
Euclides Rizzi | Sou formado em Economia pela UCS (Universidade de Caxias do Sul) e pós-graduado em Gestão de Pessoas, pela mesma universidade. Iniciei minha trajetória profissional na Geremia Redutores, onde trabalhei por cinco anos. Depois, por mais cinco anos, trabalhei na indústria moveleira, na Carraro Móveis. Em 1986 fundamos a Lidear Máquinas, uma empresa familiar que hoje está consolidada no cenário nacional.

Fornecedores | Ingressar no setor moveleiro e fundar a Lidear foi algo natural ou existiram outros caminhos que desejou seguir?
Rizzi | Na verdade, o setor moveleiro foi uma consequência da experiência que eu e meus irmãos tivemos quando trabalhamos em indústrias de móveis. Oportunidade é uma consequência da forma com que aproveitamos as experiências que temos.

Fornecedores | Qual era sua idade quando fundou a Lidear e como foi sua trajetória até chegar no cargo que ocupa?
Rizzi | Iniciei na Lidear com 26 anos, quando fundamos a empresa. Participei de todo o processo de fabricação, venda, divulgação das máquinas e equipamentos. Enfim, todo começo exige um engajamento maior e os cargos acabam sendo um filtro natural. Com o tempo e o crescimento do negócio começamos a direcionar os esforços para as áreas onde mais nos identificamos.

Confira a entrevista completa na edição 259 da revista Móbile Fornecedores.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile