Senai oferece consultoria para adequar máquinas à NR-12

NR-12, regulamento complexo e de difícil aplicação, requer especialistas para análise e adequação de maquinário das empresas

Publicado em 14 de julho de 2016 | 9:08 |Por: Cleide de Paula

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

safety-418197_1280

A segurança do trabalho em linhas de produção está amparada por leis e normas que envolvem as máquinas da indústria. Uma delas é a NR-12, uma norma de difícil entendimento e aplicação. Isso requer um acompanhamento especializado para que as empresas saibam se o maquinário está adequado e se a indústria deve, dessa forma, investir em adequações e novos equipamentos, conforme explica Bruno Bilbao Adad, engenheiro de segurança do Instituto Senai de Tecnologia em Meio Ambiente e Química, localizado em Curitiba.

Conforme o texto da norma, a NR-12 tem como objetivo garantir a “saúde e a integridade física dos trabalhadores e estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho nas fases de projeto e de utilização de máquinas e equipamentos de todos os tipos, e ainda à sua fabricação, importação, comercialização, exposição e cessão a qualquer título, em todas as atividades econômicas”.

De acordo com Adad, a complexidade da norma torna necessário um acompanhamento. “Isso de fato é complexo uma vez que deve-se analisar e observar cada detalhe de todas e cada uma das máquinas e enquadrá-las nos parâmetros da NR-12 para que, com base nessas observações, a empresa possa priorizar suas ações”.

Leia mais: 

NR-12 é alterada para garantir a segurança dos trabalhadores

NR-12: empresários precisam mudar a noção de segurança

Star Plast adapta parque fabril à NR-12

O Instituto Senai de Tecnologia em Meio Ambiente e Química, que fica na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), possui uma equipe de consultores para avaliação de máquinas e equipamentos, o que permite que as empresas tenham maquinário de acordo com essas instruções. Esse foi o caso da Metalkraft, indústria que trabalha com peças automotivas. A empresa precisa de consultorias regularmente e teve a última delas realizada no primeiro semestre de 2016. “Conforme fazemos melhorias, pedimos a consultoria do Senai para saber se os equipamentos estão adequados”, explica Luciane de Souza Gomes Vilas Boas, do setor de Recursos Humanos da Metalkraft.

Para a profissional da empresa, a consultoria do Senai traz confiança, por se tratar de uma instituição que possui foco na indústria. “Buscamos sempre o Senai porque a gente tem total segurança nas informações técnicas. Os consultores são muito práticos e objetivos para atender a um cliente específico, que é a indústria”, diz Luciane.

Adad afirma que as consultorias para esse tipo de norma são importantes para que as empresas possam implementar suas ações. “Um adequado diagnóstico da situação é fundamental para a boa gestão da prevenção de acidentes na empresa, assim como ajuda a evitar acidentes pela rápida visualização dos riscos, além de a empresa contar com o apoio de um time de consultores altamente gabaritados, que fornecem suporte às empresas sempre que demandados”, explica.


Os comentários estão desativados.

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook