Prospecção: Diferenciais para projetos comerciais

Prazos cumpridos, durabilidade, pós-venda de qualidade e assistência técnica rápida fazem diferença na hora de vender projetos comerciais

Publicado em 8 de junho de 2014 | 17:10 |Por: Jorge Mariano

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Divulgação Barros Decorações

Padronização nos móveis facilita entendimento de lojas pelo consumidor. Projetos para empresas, muitas vezes, envolvem produção de movelaria exclusiva

Padronização nos móveis facilita entendimento de lojas pelo consumidor. Projetos para empresas, muitas vezes, envolvem produção de movelaria exclusiva

A competição é acirrada. E a quantidade de profissionais preparados para atender o mercado também. Sendo assim, diversificar os negócios e encontrar novos nichos podem ser soluções ao concorrido mercado de móveis sob medida. “O calor humano pesa muito nesse nicho [de móveis sob medida]. É preciso tirar tempo para isso”, comenta o proprietário da Barros Decorações, Carlos Barros.

Há mais de 30 anos no mercado, a empresa decidiu que seria interessante investir em mobiliário para empresas. Atualmente, projetos para redes de farmácias, lojas e livrarias encabeçam o portfólio da marca. “Você não pode depender somente de uma fonte para seu negócio”, explica Barros.

Leia mais:
– Akeo lança coleção de puxadores em alumínio
– Sob Medida traz informações para a qualificação
– Marketing e comunicação: aposte nas redes sociais

Ao criar mobília para ambientes comerciais, é preciso saber como os clientes irão se comportar no local e quais os objetivos do estabelecimento. Normalmente lojas da mesma rede apresentam projetos semelhantes e Carlos Barros diz que padronização é a palavra-chave. Ao entrar em uma loja, o cliente se depara com a mesma logística interna. Essa rotina facilita os pedidos das redes e possibilita estabelecer padrões até nos preços, prazos e condições de pagamento, fatores que podem fazer diferença em uma decisão.

No entanto, é preciso lembrar que cada espaço deve ser único. Em um dos maiores projetos realizados pela empresa, a movelaria para a rede Livraria Cultura, apesar de parecidas, cada loja é construída em um lugar e tem suas especificidades. “A loja da Cinelândia, no Rio de Janeiro, ocupa o lugar de um cinema antigo. Fizemos uma espiral de cinco pavimentos em cuja rampa foram dispostas estantes de livros em forma helicoidal que tornam a subida e descida uma viagem pelo conhecimento”, destaca o empresário.

Confira essa reportagem completa na edição 84 da revista Móbile Sob Medida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile