Maquinário integrado permite maior eficiência industrial

Segundo a organização da feira alemã Ligna, linhas de produção de móveis integradas digitalmente serão destaque no evento

Publicado em 29 de novembro de 2014 | 17:09 |Por: Renata Bossle

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Divulgação Deutsche Messe

Maquinário integrado na Ligna

Expositores da Ligna apostam na automação para modernizar a produção no setor moveleiro

Marcada para acontecer em Hanôver (Alemanha) de 11 a 15 de maio, a Ligna continua apostando no conceito da 4ª Revolução Industrial para o setor moveleiro. Para a Deutsche Messe, organizadora do evento, ainda há um longo caminho a ser percorrido antes que o ciclo de produção inteligente esteja implantado – mas já existem opções menores e mais simples, adequadas para indústrias de todos os portes.

Graças aos avanços em desenvolvimento de sistemas de controle, softwares, integração digital, robótica e outras tecnologias, a Deutsche Messe aponta que, atualmente, a indústria moveleira pode partir da matéria-prima para móveis printos em apenas quatro horas. “E mais, há milhares de variações de produto que o consumidor pode escolher e o fabricante pode produzir com igual facilidade e eficiência”, aponta.

Leia mais:
Acimall aprova plano de divulgação para 2015
Interzum atrai designers e mercados emergentes
Simpósio na Alemanha discute investimentos

Hoje, isso é possível porque as linhas de produção combinaram os benefícios da alta capacidade e da flexibilidade, vantagem derivada dos maquinários e equipamentos modulares. Segundo a organizadora, isso possibilita aos fabricantes criarem linhas que compreendem muitos passos, como corte, lixamento e colagem de fita de borda, por exemplo, seguindo até a montagem e o embalamento.

Divulgação Deutsche Messe

Maquinário integrado na Ligna

Feira de inovação para a indústria acontece a cada dois anos

Obviamente, esses sistemas integrados são possíveis devido a softwares compatíveis com as interfaces de várias máquinas com controle numérico computadorizado (CNC). “Usando máquinas e softwares modulados, fabricantes tem total flexibilidade em termos de configuração de sistemas. Set-ups envolvendo cem CNCs não são incomuns”, relata, ressaltando que também existem módulos para quase todos os processos necessários, incluindo estocagem e transporte.

Logística

De acordo com a Deutsche Messe, um sistema industrial integrado depende muito da logística, que tem influência em toda a cadeia produtiva. Com relação a rastreamento, tecnologias de identificação (ID) automática apresentam soluções para todo o tipo de indústrias do setor moveleiro. Eles geralmente são atualizados automaticamente e permitem referências cruzadas.

Dentro desse segmento, a identificação por radiofrequência (RFID, na sigla em inglês) funciona com códigos de barras ou transponders. Nessa segunda opção, as peças podem ser acompanhadas durante toda a produção e podem ser usadas pelos gestores para o desenvolvimento de novos parâmetros na planta fabril.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile