Lean manufacturing reduz desperdício em fabricante de colchões

Conceito implantado pela marca gera economia de R$ 300 mil por ano para a fabricante de colchões

Publicado em 17 de abril de 2018 | 14:49 |Por: Ricardo Heidegger

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A fabricante de colchões Flex do Brasil está implementando na fábrica de Limeira (SP) uma série de projetos baseados na filosofia do lean manufacturing na indústria moveleira, que está gerando economia e reduzindo o desperdício em até R$ 300 mil por ano. O conceito da ferramenta envolve a atenuação de vários tipos de desperdício relacionados à produção e espaço em excesso, processos e complexidades desnecessárias, estoque, transporte, entre outros. A vantagem do investimento realizado é menor em relação aos resultados obtidos.

Por ser uma ferramenta de aplicação direta no chão de fábrica, a opção pode ser aplicada com danos mínimos à produção já instalada. “São ações que diminuem a movimentação de materiais no processo produtivo e que irão, por exemplo, gerar expressivos 2 mil quilômetros a menos na circulação de empilhadeira dentro da planta a cada ano”, destaca o diretor geral da empresa, Edson Ayub.

No caso da fábrica localizada no interior paulista, a execução dos projetos em diversos setores e processos, agrupando células de produção, ocorreu enquanto a produção mensal de mais de 12 mil colchões das marcas Simmons, Flex, Epeda e Aireloom continuou normalmente, garantindo, ainda, aumento de 5% na produtividade. Outro ponto importante do lean manufacturing na indústria moveleira é o aprendizado do processo modificado, o que pode ser aproveitado como melhores práticas em outras plantas.

De acordo com a marca, um bom exemplo dessa ocorrência se deu em agosto de 2017, quando a equipe local alterou a altura de uma máquina embaladora, permitindo a embalagem automática de colchões maiores e mais altos típicos das marcas produzidas pela empresa, desde versões solteiro a modelos king size altamente luxuosos e montados artesanalmente com materiais como seda, lã de alpaca e fibra de bambu.

– Duratex lança padrão Cinza Sagrado na linha Cristallo

Segundo a empresa, o resultado consiste em todo o processo sendo acelerado e como a máquina é comum em outras fábricas do grupo, a proposta originalmente brasileira está em implementação em filiais mundo afora. A Flex do Brasil faz parte do Flex Bedding Group, líder de vendas na Espanha e que está entre os dez maiores do mundo na fabricação de colchões, camas articuladas, edredons, travesseiros, roupas de cama e mobiliários para dormitórios.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile