Entrevista: Lamigraf e o conceito do novo morar na atualidade

Designer da multinacional espanhola Lamigraf, Shayenna Gattaz fala sobre o décor dentro das tendências do novo morar

Publicado em 29 de dezembro de 2017 | 8:00 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os espaços de vida das pessoas se transformaram ao longo dos anos até resultar no modo de vida atual e futuro de acordo com o novo morar. Para a designer e gerente de produto da Lamigraf do Brasil, Shayenne Gattaz, sob a perspectiva do design há um momento de busca de vida equilibrada, no qual o ideal é o caminho do meio, enquanto que na arquitetura, esse novo momento sintetiza no espaço físico, “o que somos, o que queremos e como nos desenvolvemos e evoluímos como sociedade”, assinala. Em meio a isso, a companhia espanhola desenvolveu neste ano uma nova coleção de décors com base em três tendências e como se enquadram nas tendências do novo morar das pessoas.

Portal eMóbile | Na visão da Lamigraf, como os espaços de vida das pessoas se transformaram ao longo dos anos até resultar no modo de vida atual e futuro de acordo com o novo morar?
Shayenne Gattaz | De uma maneira geral, os espaços que ocupamos, os móveis que interagimos e os objetos que utilizamos, denunciam o que somos, o que fazemos e do que gostamos. No sentido mais amplo pelo qual se compreende o “espaço arquitetônico” – do estilo do mobiliário ao complexo sistema da urbanização – reflete a cultura, o momento histórico e os anseios da sociedade como um todo. Com a análise de cada uma destas fases históricas poderíamos definir arquitetonicamente como as fases da tendência que vem por sintetizar no espaço físico, o que somos, o que queremos e como nos desenvolvemos e evoluímos como sociedade.

Divulgação Lamigraf

Lamigraf novo morar

Padrão Oxid Cement do Natural Soul

Observando a trajetória do conceito do morar/ocupar e, “contando esta história” por meio do mobiliário, dos objetos e dos espaços, poderíamos definir que passamos por diversas fases como, o tempo do florescimento do belo, o tempo do luxo e do excesso, o experimentalismo, o puro minimalismo, o tecnológico. Já sob a perspectiva do design no conceito do morar na atualidade, acreditamos viver o momento da busca de vida equilibrada, onde o ideal é o caminho do meio – “nem muito nem pouco”. No espaço arquitetônico, este minimalismo moderno cria ambientes suaves e acolhedores, que transmitam sensação de tranquilidade e contemplação.

Novo morar em discussão

Quando analisamos a atual urbanização e o crescente número de megacidades superpovoadas, fica ainda mais óbvio perceber numa projeção de futuro, a redução dos espaços “morar” e “ocupar”. Portanto, podemos prever uma nova reestruturação acerca da perspectiva do pensar o espaço público x privado, que implicará em uma reflexão ainda mais equilibrada das reais necessidades de cada indivíduo.

Portal eMóbile | Quais são os itens que influenciam o novo morar das pessoas? A busca pelo natural, por itens do passado e pela mistura de materiais são algumas delas?
Shayenne | Apontamos alguns conceitos que ainda norteiam as expectativas do morar nos dias atuais como a busca pelas marcas da passagem do tempo que, materializados nas características do mobiliário e dos objetos, evidenciam a vivência, a história e a autoridade dos usuários no espaço físico. De alguma maneira, isso se reflete no décor como o conceito do novo sentido de propriedade do espaço.

Divulgação Lamigraf

Lamigraf novo morar

Padrão Dream Maple do Natural Soul

Portal eMóbile | O minimalismo e a naturalidade também são peças-chaves do novo morar? Se sim, como elas influenciam design dos espaços de vida? Se não, quais são?
Shayenne | A autenticidade e a naturalidade, sem dúvida são premissas fundamentais para definir espaços atuais, simples, acolhedores e que tornem o “estar em casa” uma experiência prazerosa.
O funcionalismo nórdico e a sua essência embasada em conceitos naturais, são agora retratados nos espaços domésticos. O poderoso ‘menos é mais’ se faz presente novamente através de formas minimalistas e práticas, onde se remove o que não é necessário, sem comprometer a praticidade dos itens.

Arquivo Pessoal

Lamigraf

Shayenne conta que o novo morar se reflete no décor como o conceito do novo sentido de propriedade do espaço

Portal eMóbile | Entre as tendências observadas pela Lamigraf (e apresentada na Interzum), está o Natural Soul. Por que essa busca pelo natural é uma tendência do novo morar das pessoas? Ela já está presente com materiais rústicos nos móveis?
Shayenne | Atualmente, a busca de reconexão com a natureza, a volta aos instintos selvagens, os cuidados com a saúde e o bem-estar, tornam-se cada vez mais importantes em nossa sociedade. De uma maneira geral, os consumidores procuram cada vez mais, ambientes harmoniosos e que por sua vez, estimulem os sentidos. Ambientes estes, que emanem energia equilibrada e causem sentimento de bem-estar, calma, sensibilidade tátil, harmonia e emoção. Pensando nesta linha de tendência, criamos a linha a Natural Soul, que é a síntese do moderno minimalismo – suave e cálido. Nos ambientes, fica clara a sensação de um espaço iluminado, com madeiras quentes, cores suaves e meios tons, materiais orgânicos crus e desgastados.

Portal eMóbile | Por que no novo morar as pessoas buscarão “abraçar” o passado com visual retrô e materiais desgastados?
Shayenne | De alguma maneira, o resgate do passado provoca nos usuários a sensação de apropriação do espaço, pois constata que ali, existe história. Existe ali a sensação de pertencimento ao mundo que o cerca. Presente mais Passado é igual ao futuro. Olhar para o futuro, com os pés no presente, sem esquecer o passado. Embracing The Past resgata efeitos que garantem a passagem do tempo, o vintage. Busca tecidos alternativos, superfícies corroídas, desgastadas, arranhadas e recicladas. Aqui se permite padrões “fantasia” com suaves vestígios do tempo, onde os materiais são versáteis, clássicos e porque não dizer, atemporais.

Divulgação Lamigraf

Lamigraf novo morar

Padrões Oxid Cement e Feliz American Walnut do Embracing the past

Portal eMóbile | No Cross Culture, as diversas culturas influenciam o designer de interiores e o morar das pessoas. Dentro disso se encaixam pessoas que compartilham os espaços tanto com amigos quanto com pessoas de diferentes idades, mas do mesmo conjunto familiar? Por que o exótico e o hibridismo marcam essa tendência e grupo de pessoas?
Shayenne | Aqui temos clara a tendência atual em cores, elementos, formas e materiais inspirados na cultura global, que se baseia no ideal cosmopolita. As características de diversidade em cenários multiculturais nos permitiram ousar em elementos exóticos, cores especiais e a sobreposição de desenhos que originou os materiais híbridos – not normal materials – simbolizando harmoniosamente o Cross Culture.

Diante dessas tendências, como as pessoas transformarão ou já transformam o lar delas atualmente diante de seus gostos e individualidades? Como os desenhos da empresa se encaixam dentro dessa personalização das pessoas nos espaços de vida do novo morar?
Shayenne | Ajudar a contar a melhor versão da história das pessoas por meio do ambiente em que elas estão inseridas. É a nossa missão.

Divulgação Lamigraf

Lamigraf novo morar

Padrão Atlas Oak do Embrancing the past


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile