Interzum 2017: faltam duas semanas para evento

Feira de materiais e acessórios para o setor moveleiro realizado em Colônia, na Alemanha, terá cobertura in loco da Revista Móbile

Publicado em 2 de maio de 2017 | 16:25 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

De 15 a 19 de Maio de 2017, a Interzum 2017 vai estabelecer novos padrões em materiais e componentes para o setor moveleiro. A cada dois anos como a principal feira de fornecimento de produtos para indústrias de móveis, o lema deste ano é mais expositores, mais espaço e ainda mais inovação para a produção de móveis e interiores.

Aproximadamente 1,6 mil empresas estarão apresentando seus produtos em 200 metros quadrados de espaço de exposição em dez salões. A organizadora do evento, Koelnmesse, preparou de forma ainda melhor a feira para que visitantes e expositores se concentrem totalmente em fazer negócios.

Júlia Zillig/Revista Móbile

Interzum 2015

Para designers e arquitetos, a Interzum já há algum tempo é um evento obrigatório

Essa edição terá 150 empresas que estarão expondo pela primeira vez (aumento de 10%). O poder internacional da feira também aumentou. O número de empresas globalmente ativas aumentou 36% em comparação com a Interzum 2015. A divisão em três segmentos garante apresentação clara e abrangente do amplo espectro de componentes para móveis e interiores.

Para garantir que os visitantes não percam nenhum dos destaques do evento, a Interzum criou o sistema de orientação para visitantes “Follow The Red Line”: uma linha vermelha que liga mais uma vez a entrada sul (a 50 metros da Köln Messe/ estação ferroviária Deutz Intercity Express) com todas as estações importantes na feira.

Mobiliário verde
Segundo a feira, uma das tendências que serão observadas no evento é que os designers estão descobrindo a natureza como uma fonte de inspiração, criando assento de cadeiras com critérios verdes, possível com novos biomateriais. Como objetos de design, os assentos de mobiliário sempre foram um meio para inovações. Essa é uma das tendências apontadas pela feira e os modelos mais recentes também mostram claramente os vestígios dessas correntes na forma como enfatizam o design sustentável.

Em busca de materiais que conservem recursos, os designers hoje estão descobrindo materiais naturais como fonte de inspiração. Os resíduos aparentemente supérfluos estão sendo transformados em matérias-primas e materiais recicláveis para novos modelos de cadeiras.

Feira ocorre em Colônia, na Alemanha

Muitos designers estão experimentando com resíduos de plantas e vegetais e detritos orgânicos similares. Eles estão colocando fontes altamente incomuns de matérias-primas ao teste para produzir bioplásticos para cascas de assento, por exemplo. Em contraste com materiais convencionais, estes materiais de base biológica oferecem benefícios cruciais: as matérias-primas estão livremente disponíveis em grandes quantidades e podem ser exploradas de forma sustentável. A Interzum 2017 terá uma área especial dedicada, com o lema “Pensamento Circular”.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile