Interprint no Brasil: “pensar global, agir local”

Planta industrial instalada em São José dos Pinhais (PR) é fruto de investimento de 30 milhões de euros da Interprint para aumentar participação no mercado sul-americano

Publicado em 19 de novembro de 2015 | 15:55 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Interprint, fabricante de papéis decorativos para o setor moveleiro, iniciou há poucos meses as operações de sua nova fábrica em São José dos Pinhais, localizada na Região Metropolitana de Curitiba, capital do Paraná. A multinacional é capaz de atender as necessidades de seus clientes – fabricantes de painéis – de toda América do Sul a partir do novo local de produção, com o objetivo claro de expandir intensivamente sua presença neste mercado.

Em vista do atual momento da economia brasileira, a diretora de marketing e vendas da Interprint do Brasil, Lourdes Manzanares, afirma que o investimento feito no País é a longo prazo. “Nós não pensamos em termos de resultados trimestrais e de negócios de curto prazo”, afirma. A Interprint enxerga a possibilidade de desenvolver novos mercados potenciais no setor moveleiro e de produtos derivados da madeira. Desta forma, os clientes se beneficiam de um pacote de serviços abrangente e períodos de entrega mais curtos e as distâncias.

Divulgação Interprint

Interprint nova fábrica

Nova planta tem 70 mil m², sendo 11 mil de área construída

Mais perto de tendências, clientes e mercado

A equipe da empresa compreende as necessidades locais quando se trata de gosto, o apelo design, necessidades e aspectos culturais. Para a Interprint o lema “pensar global, agir local” tem seu conceito de marketing adaptado às exigências do mercado sul-americano. “Nossos clientes atualmente precisam de um parceiro mais do que uma impressora. Um parceiro que irá ajudá-los a comercializar com sucesso produtos em um ambiente difícil”, explica a diretora.

Divulgação Interprint

Interprint nova fábrica

Área de produção da nova planta

O foco inicial está, portanto, na análise do comportamento do consumidor e tendências, que são comparados com o portfólio do cliente. Nisto, soluções de produtos orientados para o consumo são desenvolvidas de uma forma orientada e combinada com um pacote de serviços adequado. A competência da Interprint em analisar as tendências em sinergia com a qualidade de produtos e serviços dá aos clientes uma segurança adicional.

Neste contexto, a Interprint informa que conta com clientes com relações duradouras no Brasil. A empresa operava com escritório de vendas em Curitiba (PR) desde 2011. “A orientação de design forte e nossa presença local no mercado muitas vezes são recompensados pelos clientes da América do Sul em que eles consideram a Interprint como o parceiro preferencial para o desenvolvimento de uma decoração e produção”, comenta Lourdes, que acrescenta: “Nós, da Interprint do Brasil, estamos otimistas para o futuro, enquanto oferecemos um benefício considerável ao cliente que faz com que tenham sucesso”.

Interprint do Brasil
Local: São José dos Pinhais (PR)

Divulgação Interprint

Interprint nova fábrica

Área de produção da máquina de impressão

Área: 70 mil m²
Área construída: 11 mil m²
Máquinas de impressão: 2 (largura de impressão: 2.25 m)
Capacidade de produção: 10 mil toneladas
Canais de impregnação para filmes melamínicos: 1 (ao final de 2015)
Capacidade de produção: 35 milhões de m² por ano
Investimento total: 30 milhões de euros
Equipe de Gestão: Lourdes Manzanares (diretora de marketing e vendas), Alexandre Devoglio (diretor técnico) e Bruno Pereira (diretor administrativo e de finanças)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile