Pesquisa mostra profissional buscado pelas indústrias moveleiras de Arapongas

Michael de Almeida Regassin e Dirceu de Castro V. Junior analisaram o perfil e as qualificações mais relevantes buscadas em candidatos a vagas nos setores administrativos e produção nas indústrias moveleiras de Arapongas

Publicado em 13 de outubro de 2016 | 9:55 |Por: Cleide de Paula

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Michael de Almeida Regassin e Dirceu de Castro V. Junior conduziram um estudo para identificar o perfil que as empresas do polo moveleiro de Arapongas (PR) buscam no mercado de trabalho. Ao pesquisarem entre representantes dos departamentos de Recursos humanos das empresas descobriram que as indústrias moveleiras buscam profissionais que têm como objetivo o crescimento profissional e traçar carreira na organização. De acordo com os autores, os gestores de recursos humanos, consideram como ponto forte o comprometimento com a empresa, trabalho em equipe e estabilidade nos empregos anteriores e como ponto fraco a alta rotatividade e pouco tempo nas empresas anteriores.

No recente cenário econômico e com a grande taxa de desemprego as empresas optam por escolher pessoas que estejam desempregadas. Das empresas pesquisadas, a maioria não possui uma preferência por alguma faixa etária, mas 35% optam pela faixa etária entre 25 a 40 anos tanto para o setor administrativo quanto para a produção.

As experiências anteriores na função foram consideradas pelas empresas como importante para o setor administrativo e não muito importante para o setor de produção. A escolaridade foi considerada como muito importante para o setor administrativo e com pouca importância para o setor de produção. A indicação foi considerada como importante para ambos os setores.

O perfil procurado pelas indústrias do polo moveleiro de Arapongas para cargos administrativos são candidatos com o objetivo de crescimento profissional na empresa, que tenha experiência na função, possuem escolaridade adequada ao cargo, à indicação de funcionários ajuda bastante na hora da decisão. Para os cargos da área da produção também é importante o objetivo de crescimento dentro da empresa, porém a experiência, a escolaridade e a indicação não são muito importantes para a contratação.

A pesquisa baseou-se em dados coletados através do método de pesquisa quantitativa. A amostra incluiu 12 gerentes do setor de recursos humanos e foi realizada nos meses de maio e junho de 2016. (com informações Administradores)

 


Os comentários estão desativados.

eMobile