Indústria moveleira brasileira registra mais de US$ 4 milhões em negócios em feira mexicana

Expo Mueble Internacional Invierno tem presença da indústria moveleira nacional por meio do projeto Brazilian Furniture

Publicado em 20 de fevereiro de 2018 | 10:58 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A delegação de 14 empresas da indústria moveleira nacional que participou da Expo Mueble Internacional Invierno, em Guadalajara, México, realizou US$ 4.052 milhões em negócios entre os dias 14 e 17 de fevereiro naquela que é considerada a maior feira comercial do setor na América Latina.

A missão comercial faz parte da agenda de inteligência comercial apresentada pela Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel) pela Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil) com o projeto Brazilian Furniture. A visita ao México também contou com o Seminário Técnico do Brasil, no qual foram apresentados dados sobre as exportações, além do destaque ao alto índice de compra da América Latina.

Com grande potencial prospectivo, o México é o 10º país no mundo que mais consome os móveis brasileiros, tendo importado, em 2017, segundo dados oficiais, US$ 203,78 milhões do segmento “Metal”; US$ 200,75 milhões no de “Madeira”; US$ 182,43 milhões no de “Estofados”; e US$ 10,11 milhões no nicho de “Colchões”.

Durante os quatro dias de feira, as empresas Belaflex, Bertolini, Brisa Casa, BRV Móveis, Carraro Móveis, Cavaletti, Finestra Móveis, Henn, Lanci, Linea, Multimóveis, Rhodes, Telasul e Unicasa Móveis geraram US$ 4.052 milhões em negócios para os próximos meses. Os principais países de origem dos compradores foram México, Guatemala, Estados Unidos, El Salvador, Honduras, Panamá, Porto Rico e Canadá. Outro resultado positivo foi os mais de 480 contatos comerciais, sendo 402 de novos prospects.

Divulgação Brazilian Furniture

Indústria moveleira do Brasil na Expo Mueble

Expo Mueble Internacional Invierno foi realizada entre 14 e 17 de fevereiro

Futuro promissor da indústria moveleira

Um dos maiores destaques da edição da feira foi o espaço “Brasil”, que proporcionou maior visibilidade à cada indústria moveleira do país, com uma área exclusiva e bem localizada. O projeto Brazilian Furniture investiu também em branding nesse mercado altamente competitivo e que durante a feira recebeu profissionais da imprensa e influenciadores, conhecendo a qualidade, design e os expositores brasileiros.

Indústria de máquinas italianas para madeira registra aumento em 2017

Para a diretora executiva da Abimóvel, Cândida Cervieri, os negócios firmados durante a feira são resultado do trabalho realizado para o reconhecimento da qualidade do móvel brasileiro a nível internacional. “A missão comercial ao México mostrou que a promoção do móvel brasileiro no exterior gerou resultados positivos. O mobiliário brasileiro se destaca internacionalmente pelo seu design, qualidade e inovação em produtos, principalmente aos olhos do mercado mexicano que, desde 2012, possui uma taxa de crescimento médio de 3,7% nas importações”, comenta.

Dos expositores brasileiros, 92.85% avaliaram que o trabalho desenvolvido pelo Projeto Brazilian Furniture no México foi fundamental para o alcance dos resultados. “Esses indicadores levam a Abimóvel e a Apex-Brasil a entenderem como correta a estratégia da ação para o mercado e buscar cada vez mais novas oportunidades nos mercados-alvo do projeto e de interesse dos associados”, diz Cândida.

Visão dos fabricantes de móveis

Participante pelo oitavo ano consecutivo da feira, a Carraro Móveis consolida cada vez mais a marca no mercado mexicano. “Depois da parceria com a Bertolini, abrindo um centro de distribuição no país, novos clientes e novos negócios surgem a cada dia. A feira proporciona uma visibilidade maior também aos países vizinhos que têm nela uma vitrine para escolha de novos fornecedores”, informa a empresa.

Para a Rhodes, a quebra de paradigmas levou a empresa ao mercado externo, por meio de um suporte completo de atendimento, informações e dados comerciais fornecidos pelo Brazilian Furniture. “Analisamos e conseguimos entender o mercado mexicano, o que nos levou a apresentar um portfólio adequado ao padrão de consumo do país”, pontua a companhia. Com grande entusiasmo, a empresa afirma ainda que em 2019 levará novos produtos e que a próxima feira no exterior já está confirmada para Dubai, com a comitiva do Brasil.

Divulgação Brazilian Furniture

Indústria moveleira - Brazilian Furniture

Seminário Técnico do Brasil apresentou indústria moveleira brasileira

Já a Finestra Móveis, com 30 anos de mercado, participou pela primeira vez da Expo Mueble Invierno. “O essencial para estarmos aqui foi o apoio do projeto Brazilian Furniture e o custo zero de estrutura. Dessa forma, nos foi oportunizado um espaço para nossos produtos, abrindo novos mercados e futuras parcerias”, destaca a marca.

“Estamos crescendo muito neste mercado que é relativamente novo, novas oportunidades em vendas online estão surgindo, enfim, diante de tantas perspectivas e possibilidades, nosso objetivo é voltar no próximo ano, pois os resultados são excelentes”, pontua a BRV Móveis. Participando pela terceira vez consecutiva da feira, a Henn ressalta que o principal objetivo foi consolidar o trabalho feito nas edições anteriores e aumentar sua participação no mercado do México, buscando novos clientes.

Feira moveleira mexicana

A Expo Mueble Internacional Invierno foi criada em 1982, por iniciativa da Associação de Fabricantes de Jalisco (Afamjal) e, ao longo do tempo, consolidou-se como uma das principais plataformas de negócios para a indústria de móveis e decoração do México. Em suas duas edições anuais – a de inverno e a de verão – a Expo Mueble Internacional recebe mais de 900 expositores e um público de 25 mil pessoas nos 75 mil metros quadrados, além de 1 bilhão de pesos mexicanos em negócios.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook