Indústria moveleira participa da 38ª Expo Mueble Internacional

Projeto Brazilian Furniture leva 13 marcas de móveis para prospecção no setor moveleiro mexicano

Publicado em 12 de Janeiro de 2018 | 10:08 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A indústria moveleira brasileira estará presente na feira Expo Mueble Internacional Invierno, de 14 a 17 de fevereiro, em Guadalajara, no México. O evento terá a participação de 13 empresas do setor moveleiro em ação que faz parte do projeto Brazilian Furniture, iniciativa da Associação Brasileira das Indústria do Mobiliário (Abimóvel), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

As indústrias moveleiras Brisa Casa, Bertolini, Henn, Multimóveis, Telasul, Unicasa, Finestra, Línea, Cavaletti, BRV, Carraro, Belaflex e Lanci, marcarão presença na feira mexicana de móveis. A iniciativa visa aumentar a competitividade do setor moveleiro no mercado internacional e ampliar a relação comercial entre Brasil e México, principalmente no que tange ao incremento das exportações.

O intuito é de fortalecer a promoção das exportações e imagem da indústria moveleira nacional. A participação na Expo Mueble Internacional é estratégica por ser o maior evento da América Latina para o setor, com uma área de aproximadamente 65 mil m², e pelo fato de ser um mercado prioritário para a indústria, dentro do Projeto Setorial do Brazilian Furniture.

iStock

indústria moveleira

Consumo de móveis no México apresentou crescimento médio anual de 3,7% nos últimos anos

No período de 2012 a 2016, o consumo de móveis no México apresentou crescimento médio anual de 3,7%. Entre 2011 e 2016, as importações de móveis pelo México tiveram maior participação no segmento de móveis de “metal”, seguido por “madeira”, “estofados” e “colchões”. Em 2016, o México importou US$ 203,78 milhões do segmento “metal”, US$ 200,75 milhões de “madeira”, US$ 182,43 milhões de “estofados” e US$ 10,11 milhões de “colchões”.

Crescimento da indústria moveleira

A estratégia de internacionalização da indústria moveleira nacional realizada pelo Brazilian Furniture, com vistas a torná-lo mais competitivo no mercado externo, tem foco também na adesão de novos participantes no programa. Como resultado desse esforço e da estratégia, o Projeto Brazilian Furniture recebeu a adesão de 16 novas empresas ao final de 2017.

São elas: Arteclasse, Bertolini, Dalmobile, Finestra, Marel, Miranti, Mizza, Tecnoflex, THB, KK Móveis, Júlio Móveis, Todeschini, Belaflex, Caderode, Tabulae e Empório das Cadeiras. Para o presidente da Abimóvel, Daniel Lutz, o ingresso de novos associados no Brazilian Furniture demonstra o interesse da indústria pelo mercado internacional.

“O projeto realizado entre Abimóvel e Apex-Brasil é um instrumento de acesso ao mercado externo. As ações e mecanismos de inteligência, entre outros, são fundamentais para incentivar a competição brasileira no cenário internacional”, destaca Lutz, que acrescenta. “O crescimento do número de empresas no programa deve-se a diversos fatores. Entre eles, a forte tendência pela exportação como estratégia da indústria, o plano de trabalho constituído, o apoio e estrutura recebidos pelas empresas e, por fim, pelos resultados obtidos durante o ano nas ações e nas perspectivas que se apresentam para o setor moveleiro”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile