Homag destaca novidades em máquinas na ForMóbile

Com equipamentos enquadrados na NR-12, empresa exibiu maquinários com patentes e softwares próprios

Publicado em 5 de agosto de 2016 | 16:44 |Por: Phaenna Assumpção

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

A fabricante de máquinas para o setor moveleiro Homag expôs novidades em máquinas na 7ª Feira Internacional de Fornecedores da Indústria Madeira e Móveis (ForMóbile), que aconteceu entre os dias 26 e 29 de julho, em São Paulo. Entre as tecnologias exibidas estão coladeiras de borda, seccionadoras e máquinas que realizam furação e usinagem.

Divulgação Homag

Homag

Coladeira Ambition

Uma das máquinas apresentadas na feira foi a coladeira de borda Ambition 2671, usada para acabamento e velocidade. O equipamento tem alimentador automático para seis bobinas diferentes de fitas de bordas, que podem ser selecionados pelo painel de comando de operação intuitiva, o Power Touch, um dos novos sistemas da Homag. A máquina trabalha com até 30 metros na fita fina e 25 metros com a fita de 2 mm. Segundo o gerente comercial, Rogério Gualassi, ela pode ser configurada para quem trabalha com móveis seriados e sob medida.

“A novidade dessa máquina é o grupo bomba de cola pré-fusor, com dois recipientes para colas diferentes granuladas. Assim fica mais fácil de trabalhar com o madeirado, pois quando selecionado o comando e trocado o coleiro, a próxima operação estará pronta para fazer o trabalho”, explica.

Divulgação Homag

Homag

Coladeira DKR 100

Para marcenaria foi exposta a coladeira DKR 100. A versão da máquina vem com capota, seguindo a NR-12. “Ela é indicada para quem está saindo do modo manual, pois faz colagem com fita de bordo, pré-corte com a tesoura, refilo na parte superior e inferior e tem polidor como opcional”, considera Gualassi. A cola usada é a hot melt e a fita que se trabalha é de até 1 mm de espessura.

Leia mais
– Homag lança nova edição do Jornal Inspiration
– ForMóbile 2016: Indústria 4.0 na produção de móveis
– 
Homag confirma participação na FIMMA Brasil 2017

Divulgação Homag

Homag

Coladeira DKR 250

Já o modelo DKR 250 ganhou um upgrade. “Agora está preparada para trabalhar com 60 mm de espessura no painel com ou sem fio de canto. E o painel da máquina é touch screen, com dados mais visíveis e fáceis de serem acionados. Também conta com ajustes pneumáticos que facilita bastante o trabalho no dia a dia, principalmente para quem trabalha com fita de borda 0,40 e 2 mm, pois faz ajustes pré-determinados na máquina, evitando ter que ficar regulando sempre a máquina”, explica o gerente da Homag.

Divulgação Homag

Homag

Coladeira DKR 330

Para linha industrial a coladeira de borda DKR 330 vem configurada com suporte para duas bobinas de cantos verticais e velocidade de trabalho mais rápido, de 15 metros a 25 metros por minuto. Conta também com o pré-fusor bomba de cola, para repor de forma mais rápida o reservatório do poleiro. Indicada para seriados e sob medida.


Furação e seccionamento

Divulgação Homag

Homag

Centro de usinagem PTP 160

O centro de usinagem PTP 160 tem muita aprovação pelo mercado, enfatiza Gualassi, devido a área de campo de trabalho útil em Y trabalha com a fresa até 1600 mm. Outra característica em evidência é a configuração dos dois cabeçotes separados que a compõe internamente. Um é somente para o motor de fresagem, para fazer trabalho de recortes de peças regulares ou pequenos trabalhos de fresagem. Já o outro cabeçote é de furação, que conta com 21 mandris verticais, seis horizontais em X e dois em Y, além da serra para ranhura XY, de 0 a 90 graus.

A máquina também trabalha com sistema pendular. “Enquanto o operador está tirando e carregando de um lado, ela está trabalhando do outro. Servindo para indústria e marcenaria, o equipamento tem sapatas livres, fazendo com que se tenha mais flexibilidade de colocar quantas precisar na consola”, assinala Gualassi.

Divulgação Homag

Homag

Centro de furação BHX 055

O gerente comercial da Homag também destacou no evento o centro de furação vertical BHX 055. “Tem configuração acima da média do mercado”, frisa. O cabeçote tem 13 mandris verticais, quatro horizontais em X e duas em Y e uma serra de ranhura em X. A máquina tem software integrado, o Wood Wop, produzido pela Homag e um pacote para o escritório para facilitar para o cliente. “Com a BHX 055 é possível fazer vários trabalhos de fresagem e alguns recortes de peça regulares, não se tem muita flexibilidade, mas executa de forma mais rápida”, afirma Gualassi.

Divulgação Homag

Homag

Seccionadora HPP 130

Indicada para o trabalho em marcenarias, a seccionadora HPP 130 tem mesas prolongadas com colchão de ar e roletes na frente como opcional. “Também vem com algumas patentes da Homag, como o alinhador que está atrelado ao cabo da serra, alinhando o corte”, diz o gerente. As pinças do equipamento têm sistema de pressão diferente, mantendo as peças seguras, executando com precisão até o final do acabamento da peça.

A máquina possui o software CADmatic, além do Cut Rite para otimização de corte para o escritório, além de etiquetagem para a impressão dos códigos de barras. Com 99 campos de informações, Gualassi enfatiza que se pode configurar a etiqueta dos códigos com logotipos, nome do cliente, do móvel, sem precisar depender de um técnico para fazer.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile