Fimma Brasil 2017 atinge meta de US$ 290 milhões em negócios

Organização divulga dados preliminares do evento que alcançou as expectativas de 25 mil visitantes

Publicado em 3 de Abril de 2017 | 9:30 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A organização Fimma Brasil 2017 celebra a concretização de US$ 290 milhões de negócios realizados. Com 360 expositores e 500 marcas presentes, a 13ª edição da Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira também superou a expectativa no número de visitantes, com mais de 25 mil pessoas

O evento reuniu, na cidade que é considerada um dos principais polos moveleiros do País, os principais players do mercado mundial, que expuseram produtos e serviços em uma vitrine de âmbito global e ampliaram suas redes de contanto, fortalecendo alianças estratégicas.

Carlos Ferrari

Fimma Brasil 2017

Presidente da Fimma Brasil 2017, Rogério Francio

Tecnologia e equipamentos de ponta, robôs, automação, inovação, produtos inéditos, serviços diferenciados, disseminação de conhecimento e debates sobre temas relevantes para o setor foram conferidos pelos visitantes que circularam nos quatro dias da Fimma Brasil 2017.

Realizada em um dos piores momentos econômicos vivenciados no Brasil e no setor produtivo, representando um grande desafio para a sua organizadora, a Movergs. “Nestes um ano de pré-feira, trabalhamos em equipe, com determinação para alcançar nosso objetivo que era, e é, apoiar e fomentar o desenvolvimento do setor”, destaca o presidente da edição 2017, Rogério Francio.

O resultado foi a superação das expectativas de todos os envolvidos, tanto organizadores, quanto expositores, com o alcance das metas projetadas inicialmente. Uma delas foi a de volume de negócios realizados. “Estimávamos fechar em US$ 290 milhões, e conseguimos”, informou o executivo.

Desirée Ferreira

Fimma Brasil 2017

Projeto Comprador atinge bons números em negócios

O Projeto Comprador da Fimma Brasil 2017, que promoveu 1,2 mil rodadas de negócio, foi uma das ações estratégicas de sucesso desta edição, com US$ 3,3 milhões de transações efetivadas. “Além disso, há a previsão de mais US$ 20 milhões nos próximos 12 meses, a partir dos encontros e contatos promovidos aqui”, conta Francio.

Um dos atributos creditados ao êxito dessa atividade foi a prospecção correta dos participantes. Durante nove meses, a organização da feira analisou e avaliou 440 compradores internacionais inscritos e, destes, trouxe 50. Representatividade, segmento de trabalho e aceitação junto às empresas foram os critérios que definiram os escolhidos. “Os bons resultados comerciais geraram, consequentemente, um grande interesse dos expositores em confirmar presença para 2019. Alguns, até mesmo, já renovaram seus espaços”, diz o presidente.

Eventos paralelos
Outra atração da Fimma Brasil 2017 que gerou olhares atentos foi o “Espaço Marceneiro”, do projeto Fimma Marceneiro. Durante os quatro dias, alunos do Senai demonstraram na prática as etapas da fabricação de móveis.

Carlos Ferrari

Fimma Brasil 2017

Entrega do móvel reuniu representantes de entidades e empresas parceiras do projeto

Na tarde do dia 31, o diretor financeiro da feira, Dorvalino Lovera, realizou a entrega simbólica de um móvel para o vice-prefeito de Bento Gonçalves, Aido José Bertuol, para representar a doação que ocorrerá das 40 peças produzidas durante a Fimma Brasil 2017 para entidades carentes da cidade nos próximos dias.

A disseminação de informações pertinentes ao setor, o aperfeiçoamento dos conhecimentos e a qualificação profissional também estiveram em pauta, por meio das palestras do projeto Fimma Marceneiro, do Workshop de Móveis, do Seminário Internacional sobre a Indústria 4.0 – A Revolução Tecnológica em Curso, e do Seminário da Indústria sobre a NR 12 – Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos.

– Fimma Brasil 2019 com data marcada

“Mais de 4,5 mil pessoas assistiram as apresentações e exposições. Isso demonstra a preocupação do setor em se aprimorar, visando a excelência”, pontuou Francio.

Carlos Ferrari

Fimma Brasil 2017

Espaço Marceneiro na Fimma Brasil 2017

De acordo com o presidente, os movimentos promovidos nestes últimos quatro dias confirmaram a importância do setor para a economia nacional, que começa a apresentar reações frente ao péssimo cenário criado nos últimos dois anos. “Realizar a feira, apesar de todas as dificuldades, foi uma decisão acertada”, conclui o executivo.

“A retração e a recessão fazem com que os empresários fiquem mais cautelosos. Mas, é preciso ter coragem e tomar iniciativas, promover mudanças, investir e acreditar. A ‘máquina’ não pode parar, ou o País para. A feira foi um facho de luz na confiança dos empresários”, acrescenta. A edição 2017 da Fimma Brasil contou com apoio da Abimaq, Abimóvel, Affemaq, Apex, BNDES, MDIC, CNI, Fiergs, Sebrae, Homag, Sayerlack e Berneck.


Os comentários estão desativados.

eMobile